Dia Nacional de Combate ao Bullying – Dia de Dizer: Não!

Postado em 7 de abril de 2013 por Mônica Lima

Quem diria que muitos dos nossos artistas favoritos, com sua fama e vidas glamourosas, sofreram bullying na infância e adolescência? Mesmo com todas as adversidades eles não desistiram. Ter lutado valeu a pena, quem era excluído, hoje é aplaudido em todo o mundo. Confiram:


Hoje é o Dia Nacional de Combate ao Bullying. Junte-se a nós e diga: Não ao bullying!

Queremos ouvir sua opinião sobre o tema.  Você pode levar este kit com as revistas e a biografia não autorizada de Robert Pattinson, cedidos gentilmente pela Luana Mattos.

Regulamento:

1. Estão concorrendo os leitores que deixarem o comentário no post;
2. Será considerado um comentário por perfil;
3. Os leitores têm até o dia 21/04, às 23h59min para deixarem sua opinião. O vencedor será anunciado dia 22/04;
4. Perfis criados exclusivamente para a participação serão desclassificados;
5. O kit será enviado por Sedex para o endereço informado pelo vencedor;
6. A data e hora do resultado podem ser alteradas caso seja necessário, sem aviso prévio;
7. Ao participar, você está concordando automaticamente com todos os termos deste regulamento.

Tags:,




7 Comments

  1. Gislaine says:

    Bem na minha opinião o bullying é algo que as pessoas deveriam se preocupar mais pq pelo menos no brasil isso não é levado tão a sério como nos eua, acho que antes da pessoa praticar o bullying ela deveria pensar que fazer mal ao seu próximo não leva a nada e que isso tbm pode acontecer com vc amanhã, praticar esse ato muitas vezes destroi vidas, vc destroi sua vida hj mas nunca se sabe o que acontecerá com vc amanhã, eu realmente acho que o bullying é uma coisa séria e que as vezes mesmo a pessoa se tratando ela fica com traumas ainda mais se ela sofreu demais, então antes que comece, todos deveriam dizer: não ao bullying, pq n é pq vc n vai com a cara da outra pessoa que vc irá maltratar ela, o que todos deveriam aprender mesmo é ter respeito ao próximo, tendo isso já bastaria.

    ps: tia claudinha essa música skyscraper do video em piano eu acho é linda quase chorei assistindo.

  2. Pathy_Detoza says:

    Bullying é um tipo de pré conceito que as pessoas fazem para diminuir e humilhar outras,não pensando no estrago que isso causa na vida de quem sobre esse tipo de desvalorização pessoal. Muitas vitimas desenvolvem alguns transtornos que acarretam em uma dificuldade de se relacionar com outras pessoas no decorrer de suas vidas. Eu nunca sofri bullying, não que eu me recorde e nem provoquei esse tipo de abominação que acho desnecessária e sem sentido nenhum, pois para você atingir alguém basta o silêncio sem precisar apelar para algo tão baixo.

  3. Bruna Macedo says:

    Há quem diga que o bullying é besteira, e ficar mal só por uma zoação é idiotice, mas não é bem assim. Só quem já sofreu bullying sabe o que é sair de casa sabendo que vai ser zoado na frente de todo mundo, é sentir aquele desejo de se trancar em casa sozinha porque ai sim você tem a certeza que está seguro de tudo e de todos. Bullying é uma coisa realmente séria, eu já passei por isso, e dói, dói muito saber que uma pessoa está te zoando por nada, porque eu não sabia porque eu era tão atacada. Porque eu era gorda? Feia? Usava óculos? Aparelho ortodôntico? Cabelos enrolados? Nerd? Não descobri naquela época e não vai ser hoje em dia que eu vou descobrir, só sei que eu me odiava, eu comecei a me odiar, me mutilar a tentar curar minha dor em mim mesma, mas não adiantou, as coisas só pioravam e pioravam e pioravam. Eu precisava apenas de um amigo, uma pessoa que me tirasse de um poço que parecia não ter fim, que me fazia cair cada vez mais, e felizmente me tiraram desse poço antes que eu realmente alcançasse esse fundo e me mostraram que a vida é maravilhosa que vale a pena a desfrutar. Que pessoas vão cobrar coisas de você, vão te ofender, vão querer te derrubar sempre, mas a arma contra isso é o sorriso, é a sua aceitação pra com você mesmo. Lady Gaga já disse: “você é linda do seu jeito, porque Deus não comete erros”. E realmente não comete, não vale a pena ficar se martirizando pela falta de amor próprio das outras pessoas, se você precisa de apoio confie EM SI MESMO primeiro, se ame, se goste em primeiro lugar, depois tudo fica mais fácil. Quando eu aceitei isso foi muito mais fácil pro meu anjo da guarda me tirar do fundo do poço e me mostrar que go on and try to tear me down i will be rising from the ground like a skyscraper, like a skyscraper.
    Olhe ao seu lado, as vezes aquele seu amigo forte, sorridente e que nunca precisou de consolo é o que mais sofre e precisa da sua ajuda.

  4. Ana Paula Feitoza says:

    os praticantes de bullying veem isso como uma forma de brincadeira,diversão eles não tem ideia do quanto isso machuca alguem que sofre bullying,muitas vezes as pessoas que sofrem bullying se cortam pq acham q é melhor sentir a dor fisica do q sentir a dor da humilhação.a Demi e a taylor são exemplos de pessoas que sofreram bullying mas que mesmo assim tiveram força pra continuar,ela são inspirações para milhoes de jovens.como uma pessoa consegui maltratar uma pessoa ao ponto dela se cortar ou querer se suicidar ? o bullying é um exemplo de crueldade que muitas pessoas praticam. DIGA NÃO AO BULLYING

  5. Zilda Helena de Paulo da Silva says:

    O bullying é uma situação caracterizada por atos agressivos verbais ou físicos, que de fato, sempre existiu. De uns tempos pra cá, apelidos pejorativos e atos de extrema indisciplina foram tomando proporções tremendas, a ponto do bullying se tornar a prisão pessoal da vítima. A natureza demonstra que a agressividade é a arma daquele que se sente acuado e impotente diante das dificuldades de se impor e expressar o que sente de forma que o outro o respeite. As crianças são as principais vítimas, mas adolescentes e adultos não as deixam para trás, pois depressão, baixo autoestima e ansiedade, que são as consequências do bullying, não escolhe idade. O bullying trata-se de tema complexo, cujo enfrentamento esbarra na ignorância de algumas pessoas que se recusam a enxergar que o ato de agredir uma pessoa começa por falta de disciplina na própria casa ou ausência de atenção familiar. As tentativas de se definir uma estratégia para combater o problema se torna cada vez mais difícil por conta do aumento de agressões e da frequência com que acontecem, tornando-o assim, um problema a ser evitado ao invés de combatido. O bullying tem que ser enfrentado de forma adequada, baseando-se em diálogos familiares constantes e em atividades que desenvolvam a criatividade e a formação de um adulto mais humano. Educar o ser humano como se deve ser educado, sem passar a mão na cabeça, para que o mesmo cresça com a mente aberta o bastante para entender que o bullying, independentemente da vida do agressor, é um ato de tamanha crueldade e que exige uma punição tão cruel quanto. O caminho é a prevenção do bullying, antes mesmo da própria solução, pois só assim a humanidade tende a crescer o suficiente para ter um futuro digno, que promova a cidadania e o respeito ao próximo.

  6. Daniele Costa says:

    Lady Gaga já foi jogada dentro da lata de lixo por seus colegas de classe. Demi Lovato sofria bullying quando era pequena por ser “gordinha”. Miley Cyrus foi trancada no armário do seu colégio por ser “muito magra”. Lea Michele sofria bullying devido seu sobrenome ser Sarfati, que em inglês era transformado para “so fat” (gordinha). Rebecca Black sofreu bullying após lançar a música “Friday” e a mesma receber o prêmio de pior canção do mundo. Selena Gomez sofria bullying por ser “pobre” quando pequena. Porém depois de tudo o que todos eles passaram, nenhum deles desistiram. Nenhum deles permitiram que essas pessoas dissessem a eles: “você não pode”. Porque ninguém tem o poder de dizer a você: “VOCÊ NÃO PODE!”. Você pode sim. Assim como essas pessoas citadas acima podem superar todos seus problemas, você também pode. Porque eles não são somente exemplos de artistas, eles são exemplos de vida. São exemplos pra mim, pra você, e pra todos. E assim como eles, você que sofre bullying também pode dar a volta por cima. Você pode dar a volta por cima e no final provar a todos, que ninguém no mundo tem o poder de dizer a você: “você não pode!”. Porque você pode sim, basta acreditar.

  7. Júlia Fernanda says:

    O bullying trata-se de atos de intimidação e/ou agressões, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivo evidente, causando dor e angústia à vítima, com o objetivo de intimidar e/ou agredir sem ter a possibilidade ou capacidade de se defender. O mundo atual vive de constantes atos de bullying, sendo realizadas dentro de uma relação desigual de forças ou poder, onde a vítima encontra-se constantemente com medo e sendo obrigada a conviver com o trauma. O bullying provém normalmente pessoas que no ambiente familiar não tiveram a educação devidamente adequada e as vítimas normalmente são seres humanos que apresentam anomalia na comunicação oral ou simplesmente na aparência, o que torna o bullying a maior praga criada e exercida pelo homem. O que fazer? O ato de promover campanhas de conscientização popular, inclusive no mundo virtual, e adotar medidas objetivas no ramo educacional é essencial, além de palestras instrutivas para adultos e crianças, construindo assim, uma atmosfera social, onde a diversidade seja respeitada e vista como um ponto forte da sociedade, diferentemente do preconceito. O que é visto nos jornais é só um terço do problema, o sistema que tem mudar, a sociedade tem que dar um basta na alienação da maioria e não deixar que a intolerância perante a própria raça domine o mundo em que vivemos, afinal, são as diferença que compõem a beleza da arte divina. Diga um sim para uma geração onde habite a paz, e um não para o bullying e suas consequências.

DEIXE UM COMENTÁRIO