As versões maternas presentes nas séries

Postado em 12 de Maio de 2018 por webmaster

Por: Luan Menezes

SIMMMM estamos com a “Só Seriados” em mais uma edição especial do Dias das Mães! Todo ano, como já estamos acostumados, segundo domingo do mês de maio é o que? Dia das Mães!!!

Eu acho que sou a pessoa mais suspeita pra falar de mãe rs… Em todas as matérias desta data que escrevo pro HEA, eu sempre faço a mesma pergunta. O que é ser mãe? Uma pesquisa rápida no Google tem frases como: “Ser mãe é ter o coração fora do corpo”, “Mudar sua vida, seu tempo, seu pensamento, dar todo seu coração”, “Ter razão de ser para o resto da vida” e por aí vai… Resumindo, ser mãe é ser tudo e mais um pouco. E neste dia especial, vamos homenagear algumas mães do mundo das séries?

Elizabeth Jennings – “The Americans”

Mãe de Paige e Henry, Elizabeth é aquela mãe “durona”, e é inegável o amor que ela tem pelos filhos. Elizabeth era pobre e se tornou uma pessoa gelada como sua mãe e durante alguns episódios de “The Americans”, às vezes, pelo caminho errado ou pelos motivos errados, ela pretende que sua filha Paige se torne aquilo que ela se tornou… uma agente da KGB infiltrada nos EUA. Paige sem dúvidas, é um dos maiores desafios de Elizabeth. Por muitas vezes, apesar de acharmos que ela coloca a carreira dela na frente dos filhos, ela é extremamente protetora e está do lado deles nos momentos que eles mais precisam.

Jane Villanueva – “Jane The Virgin”

Com toda certeza do mundo quando você se lembra do início da jornada de Jane, com a gravidez não desejada nem planejada de um pai que até então ela não sabia quem era, este foi um dos momentos mais legais de acompanhar nas telinhas. Ao longo de todas as temporadas, Jane se tornou uma mãe incrível. Sabe aquela história de que para conhecer a sua esposa, conheça a mãe dela? É exatamente isso. Jane se tornou um pouco de sua mãe e dos seus avós durante todo esse tempo. Os desafios para Jane foram grandes e, na verdade, ainda são. Agora se tem uma coisa que eu adoro ver é quando ela realmente se tornou mãe e teve que enfrentar um grande problema logo no início da segunda temporada.

Liza Miller – “Younger”

Mãe, divorciada, 40 anos e uma crise de idade. Liza com certeza é uma mãe que arranca boas risadas de qualquer um! E se eu te contar que ela se passa por uma jovem de 26 anos para conseguir um emprego e se torna a melhor amiga da Hilary Duff ( na verdade  personagem da Hilary)? Sem dúvidas, ela é a mãe que toda filha quer ter ou não. A crítica que a personagem de Liza faz ao mundo real e atual sobre as oportunidades de emprego é incrível e tratar isso em um seriado bem humorado é maravilhoso.

E que tal relembrar incríveis mães que também já passaram pela coluna nesta data especial?

Especial Dia das Mães: Elas nas Séries

Ei, seriadores, vamos falar de mãe?

Será que mãe é tudo igual só muda de endereço? Eu diria que se fosse uma receita de bolo a base seria a mesma, só que para cada família e para cada filho são acrescentados novos ingredientes, o que faz da minha mãe ser a melhor do mundo pra mim e a sua ser a melhor mãe do mundo pra você. Nos nossos seriados a mesma coisa, elas são as melhores mães e vamos combinar que elas são um pouquinho nossas mães também.

Que nesse dia nós possamos entender as broncas quando estamos acordados até às 4 da manhã no Netflix, as broncas da pipoca que foi feita e está esparramada pela cozinha, pelo “Tá tudo bem?” quando o nariz começa a escorrer naquela finale da nossa série preferida.

Eu não sei vocês, mas eu amo a minha a Mãe *_*

Um Grande abraço pessoal e até a próxima!

Tags:, , , , , ,




DEIXE UM COMENTÁRIO