Meu orgulho de ser inútil

Postado em 6 de outubro de 2017 por webmaster

No meu bolo de aniversário este ano estava escrito Sou Inútil. Pode soar super estranho pra quem não me conhece bem, mas meus amigos próximos sabiam que não tinha nada haver com crise existencial e problemas de auto-estima, até porque a mesa estava decorada com emojis sorridentes, a casa com balões, incluindo as princesas do filme da Disney “Frozen”, em homenagem a minha sobrinha Stella de 3 anos que ama a Elza e não pode vir a comemoração nos EUA. Isso, sem contar que na porta de entrada do meu apartamento um balão em forma de taça de champanhe anunciava que o dia ia ser abençoado com muitos brindes. O que de fato aconteceu, meu grupo de amigos contribuiu para que a festa, que durou 9 horas, fosse super alto-astral.

As cupcakes decoradas com símbolos que dizem muito sobre a minha personalidade este ano perderam seu lugar de favoritas dos amigos, ocupado pelo convite, que estava diretamente relacionando com a mensagem do bolo.

Eu sou das antigas e envio convite de aniversário pelo correio. No deste ano, eu pedi aos convidados que marcassem com que frequência eles realizavam algumas atividades relacionadas (ou não) ao seu dia a dia e pedi que eles o trouxessem preenchido para a festa, onde eu revelaria a moral da brincadeira.

 


A galera entrou no clima e trouxe o convite, mas eu na verdade não fiscalizei a rotina dos meus amigos, acho que cada um tem o seu ritmo e no fundo meu pedido pra que eles não esquecessem de trazer o convite pra festa foi mesmo um incentivo para que eles o preenchessem. E funcionou. Quanto à moral, eu revelei num outro cartão que dei de lembrança para cada um deles no evento e mostro aqui pra vocês:

E como eu tenho orgulho de ser a rainha das atividades inúteis, meu bolo de 45 anos foi em homenagem a elas, que me tornam cada dia mais feliz.

Como mencionei no convite, a ideia original surgiu quando li um artigo escrito pelo profissional de educação, Rubem Alves, que incentivo todos a conferirem:

http://correio.rac.com.br/_conteudo/2013/01/colunistas/rubem_alves/arquivos/24568-alegria-e-a-prova-dos-nove.html

http://correio.rac.com.br/_conteudo/2013/01/colunistas/rubem_alves/arquivos/24568-alegria-e-a-prova-dos-nove.html

E você faz parte do time dos inúteis? Espero que sim, pois a nossa caminhada é mais cheia de música, poesia, bons livros, brincadeiras e muita alegria. E se ainda está no time dos úteis, não se preocupe, sempre é tempo de mudar, veja mais filmes e séries, brinque mais com seus pais, filhos e amigos, dance sozinho ou bem acompanhado, faça uma lista de coisas inúteis que vão ser úteis a sua paz de espírito! Feliz jornada!

Tags:,




DEIXE UM COMENTÁRIO