O dia em que subimos no palco do Rock in Rio

Postado em 10 de outubro de 2017 por webmaster

Por: Mih Camparo e Annelyse Bosa

O Rock in Rio ainda é o maior festival de música do mundo… Mais de 100 mil pessoas curtem cada dia do evento! E como sempre, não conseguimos ficar de fora, cada ano que vamos ao festival é uma experiência completamente diferente e só nos anima a continuar indo em cada edição.

Esse ano não foi diferente e teve um gostinho a mais.

Todos aqui já devem saber o quanto amamos a banda Thirty Seconds to Mars e curtir o show deles no Rock in Rio é mais que especial. Porém nessa edição não só conseguimos curtir o show como meras espectadoras, como também ajudamos a equipe e…*respira* subimos no palco na última música.

#MÃETONOPALCOMUNDO

Mas vamos do começo…

Por ser um festival mundialmente conhecido, a cidade do Rio muda para receber o Rock in Rio e vira um verdadeiro tapete vermelho de celebridades nacionais e internacionais. E não por acaso, antes mesmo da segunda semana do festival começar, cruzamos com Steven Taylor andando de bicicleta pelo calçadão de Ipanema. Não pudemos tirar foto com ele mas conseguimos tirar foto dele e AH MEU DEUS É O STEVEN TYLER BEM DO NOSSO LADO!!

Nem piramos…

 

Outra coisa que impressiona é o número de turistas na cidade para o festival. Não que o Rio não esteja acostumado, pois a Copa e as Olimpíadas conseguiram encher a cidade mais que o normal, mas é lindo ver todos admirados com minha cidade #RioBaby

Mas voltando ao RIR… Muito mais que um festival de música, o Rock in Rio hoje se tornou um festival de Cultura em que conseguimos assistir não só nossos shows de Rock, mas também de diversos outros tipos e estilos. E isso é o melhor do festival, abraça todo mundo! E em 2017 também tivemos a estréia da GameXP, um espaço dedicado aos Games (e a toda Cultura Nerd também). Um pedacinho da CCXP com a gente em mais um evento imperdível!

Como não só de música vive o Rock in Rio, o espaço se tornou uma verdadeira passarela de moda e gente.. sério.. não dá para parar de tirar fotos.. são muitas, mesmo…

Assim como o acaso nos fez encontrar Steven em Ipanema, ele também nos ajudou a encontrar o pessoal da produção do Mars. Depois de uma tarde toda curtindo as atrações da Cidade do Rock, esperávamos nossa amiga sair do Meet & Greet com a Thirty e surgiu a possibilidade de conversar com a equipe da banda. Durante uma rápida conversa, eles nos fizeram a pergunta que mudaria o rumo daquela noite: “Vocês já jogaram os balões durante o show?” Respondemos que não, nem tínhamos ideia de que poderíamos e então nos pediram para esperar ao lado do palco até nos chamarem para ajudar. Acho que até hoje a nossa ficha não caiu do que estava prestes a acontecer.

No meio da segunda música nós e mais um grupo de uma média de 60 pessoas seguimos a produção até a parte de baixo do Palco Mundo e recebemos um balão colorido gigante e as seguintes instruções “No três vocês jogam a bola. Se fizerem tudo certo, vocês sobem ao palco na última música!” Ficamos todos em choque sem saber se tínhamos entendido bem o que disseram e algumas pessoas quase desmaiaram.. sério.

Curtimos o sucesso “King and Queens” debaixo do palco em meio a todos os cabos e alicerces que colocam o Palco Mundo em pé e nos preparamos para a música seguinte. A emoção já tomava conta de todos e foi realmente lindo ver todos ali, juntos cantando a plenos pulmões enquanto ouvíamos os passos do Jared sobre nossas cabeças e aguardávamos a realização de sonhos.

Momentos de tensão para que tudo saísse como havia nos pedido nessa oportunidade única. Assim que acessamos a área entre o palco e a platéia, olhamos para cima e nos deparamos com o Jared cantando sobre nossas cabeças. A produção nos espalhou pela área e após jogarmos os balões para o público, pudemos curtir a apresentação de “This Is War” dali, bem em frente ao palco Mundo!

A apresentação da banda foi um show a parte… Jared Leto, como um verdadeiro showman conseguiu empolgar a todos os fãs de Mars e até aos fãs da banda californiana, Red Hot Chili Peppers, que seria a próxima e última banda do dia. Todos pularam, curtiram e gritaram os diversos ooh-oohs das músicas ao comando de Leto. Durante o show, Jared repetiu o feito de 2013 e saltou da tirolesa no meio da apresentação.

Fotos: I Hate Flash

Minutos antes da última música, a equipe da banda foi nos buscar e nos guiaram pelo backstage do Palco Mundo, mas dessa vez, subimos as escadas e fomos parar no meio do palco! Já tivemos a oportunidade de ver a nossa banda favorita realizando seu sonho de tocar no palco do Rock in Rio, mas nessa segunda vez ser ainda mais parte daquilo tudo, tendo a possibilidade de ajudar a banda de alguma forma e ainda celebrar essa conquista no palco, foi algo que não conseguiríamos imaginar nem nos nossos sonhos mais audaciosos!

Eu, Annelyse, virei fã da banda depois de ver um clipe, o clipe de “Closer to the Edge” que foi gravado durante a turnê “This Is War” da banda ao redor do mundo e o que fez com que eu me tornasse Echelon, foi o espírito que de unidade entre a banda e seu público. Eles são apaixonantes e poder subir ao palco com esse hino como última música, junto a outros fãs na platéia e melhor, ao lado de amigos-irmãos que conheci através dessa banda e poder cantá-la em cima do palco do maior festival do mundo, gritando a cada “NO” da música “Closer to the Edge”… Foi a realização de um sonho que vem lá de trás, do começo de tudo.

Obrigada Thirty Seconds to Mars. Cada experiência com vocês é inesquecível.
Obrigado Rock in Rio, um grande abraço e até 2019!

Tags:, , , , ,




DEIXE UM COMENTÁRIO