Promo Oscar 2018: Qual filme merece a estatueta este ano?

Eu sou daquelas que madruga pra conferir ao vivo o anúncio dos indicados ao Oscar que aconteceu na última terça-feira em LA. Esse ano eu acompanhei de Park City, onde estava cobrindo o Sundance Film Festival. Eram 6h30am e eu acho que acordei o hotel inteiro comemorando a indicação dos meus filmes, atores e atrizes do coração. Especialmente “Lady Bird” e “Me Chame Pelo Seu Nome” que estão entre os indicados a melhor filme.

Sei que muitos de vocês também estão acompanhando a temporada de premiações, ansiosos pela cerimônia do Oscar que acontece dia 4 de marco.

E seguindo a tradição do Hollywood é Aqui uma promoção “Você Manda” nos diga:

Qual o filme, entre os indicados na categoria melhor filme este ano, e o seu filme do coração que merece levar a estatueta pra casa em 2018.

Escreva seu voto no comentário deste post e concorra a R$ 100,00 (CEM reais) em prêmios que você vai escolher no site da Amazon.com.br

O melhor é que seu filme pode até não ser o escolhido pela Academia, mas se você tiver sorte, vai ganhar este super brinde de qualquer forma. Assista o trailer dos indicados e participe!

“Me chame pelo seu nome”

“O destino de uma nação”

“Dunkirk”

“Corra!”

“Ladybird: A hora de voar”

“Trama fantasma”

“The Post”

“A forma da água”

“Três anúncios para um crime”

Nos assistimos “O Destino de uma Nção” em Toronto em setembro do ano passado, veja como mexeu com a gente:

Lições no amor e na política são temas na telona. Vem ver nossas dicas

E, “Me Chame pelo Seu Nome” emocionou tanto nosso coração que compartilhamos até um depoimento de um dos nossos colaboradores que viveu uma história parecida com a do filme:

“Me Chame pelo Seu Nome”: Amor inesperado em um verão

Regulamento:

1) Vamos considerar um comentário por pessoa;
2) Os brindes serão enviados via Correios para o endereço indicado pelo leitor. Não nos responsabilizamos por possíveis atrasos ou extravio na entrega;
3) A promo se encerra dia 04 de março (a) vencedor (a) será anunciado dia 05 de março no Twitter @claudiaciuffo;
4) A data da promo poderá ser alterada sem aviso prévio.

Leia mais sobre os Indicados ao Oscar em todas as categorias: https://oglobo.globo.com/cultura/filmes/veja-lista-de-filmes-indicados-ao-oscar-2018-22318784

Recomendado para você

Compartilhe

27 comentários sobre “Promo Oscar 2018: Qual filme merece a estatueta este ano?

  1. Os filmes que estão concorrendo para mim estão em um mesmo nível de qualidade, mas o que tem mais cara de Oscar é o The Shape of Water em termos de produção, fotografia, efeitos, o tema do filme diferente, o fato do diretor estar recebendo todos os outros prêmios importantes. Gostei do filme, achei poético em tons de fábula embora tenha recebido acusação de plágio recentemente (o que pode prejudicar um pouco a reputação). Não é uma trama tão original, me lembrou o filme Splash do Tom Hanks pela temática do apaixonar-se por um ser aquático e querer levar para casa e o vilão é bastante caricato, mas é visualmente lindo.

    Me chame pelo seu nome achei bem estilão europeu, mais lento e contemplativo, mas a temática é parecida com Moonlight que já ganhou. Lady Bird é light e bem gostoso de assistir, mas tem cara de filme independente, não sei se é grandioso o suficiente para Oscar.

  2. Usando meu signo a meu favor (libra), ter que decidir este as opções deste ano não ta sendo fácil. Minha escolha é The Post, mas poderia ser qualquer um dos demais e acho honestamente que The Shape of Water leva. Torcendo pelo meu eterno Sirius Black, Gary Oldman, na categoria de melhor ator.

  3. Falando rapidamente, esse ano tá difícil encontrar um filme ruim (exceto ‘Get Out’, que nem sei porque está concorrendo – rs). Todos são ótimos candidatos! Alguém aqui comentou a mesma coisa que achei de ‘The Shape of Water’: também me lembrou ‘Splash – uma sereia em minha vida’ – rs (vixe, acho que entreguei minha idade… rs). Acho que ‘Três anúncios para um crime’ leva melhor roteiro original, e ‘Call me by your name’ leva melhor roteiro adaptado – eles não têm perfil de melhor filme de Oscar. Minha torcida está com ‘The Post’ – não adianta, meu lado ‘devia ter feito jornalismo em vez de publicidade’ sempre se empolga com uma excelente história de jornalismo – rs, mas como ‘Spotlight’ já levou há dois anos, acho que não vão premiar outro filme de trama jornalística tão cedo (naquele ano, ‘Spotlight’ tinha minha torcida, claro – rs). Os que vejo com mais chance de ganhar são ‘Dunkirk’ e ‘O Destino de uma Nação’, e se tiver que escolher apenas um possível vencedor, acho que ‘Dunkirk’ leva. / PS: não entendi direito se eu tinha que dar minha opinião geral, ou se era pra eu dizer qual tinha minha torcida, ou ainda se era pra eu dizer qual acho que vai mesmo levar o Oscar (numa de ver quem acerta). Bom, na dúvida, cobri tudo. rs

  4. Eu acho que o filme que leva esse ano é 3 anúncios para um crime por toda cotação que já ta rolando, mas os filmes que mais mexeram comigo foram outros dois. Eu gostei muito de “Dunkirk” e “Call me by your name”. No primeiro, comandado pelo excelentíssimo diretor Christopher Nolan, Dunkirk consegue te prender em cada uma das cenas. Meu coração palpitou em cada passo que seus protagonistas davam. E apesar de ser um filme de guerra, Nolan não faz uso extremo de sangue e consegue mostrar uma certa beleza em meio ao caos. A esperança e a falta dela em cenário, a luta pela sobrevivência, a impotência em meio a desordem e o sacrifício são alguns dos temas tocados pelo filme. E do outro lado dos meus favoritos, temos Call me by your name. Que apesar de ter um roteiro completamente diferente do primeiro que eu mencionei aqui, é tão emocionante quanto. Eu nunca assisti muitos filmes LGBTI, mas entre os que vi, Call me by your name é o que mais me conquistou. Porque ele foge de uma fórmula. Antes de ser sobre um casal LGBTI, ele é sobre amor, sem rótulos. Eu posso estar falando besteira agora, mas eu tenho a impressão que a maioria dos filmes LGBTI tem como elemento principal o sexo, mais que o sentimento. Sexo sempre é um dos focos principais desses filmes. Mas em Call Me By Your Name não. Obvio que há uso de cenas de sexo, mas é muito mais delicado. A tensão amorosa é muito maior em todas as cenas. Existe sequências em que o principal não precisa falar uma palavra, porque o trabalho do ator é tão bom que você já consegue imaginar o que ele tá pensando pelo olhar. Não é apenas um filme sobre um casal, é sobre aceitar o amor e despedir-se dele quando preciso. É sobre um rapaz em um autoconhecimento, pq acima de tudo, é um filme sobre o Elio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *