AFI Fest: Indie Roundtable – Parte1

Se encontrar Richard Gere no Festival Internacional de Cinema em Toronto já foi um presentão, imagina revê-lo juntamente com Robert Pattinson e um grupo de atores, diretores e roteiristas que estão à frente de alguns dos mais brilhantes filmes independentes do ano?

Graças ao AFI Fest (o maior festival de cinema independente de Hollywood) foi possível passar uma tarde de domingo na companhia de feras como Sean Baker (diretor de “Projeto Florida”), Richard Gere (“Norman: Confie em Mim”), Salma Hayek (‘Beatriz at Dinner”), Diane Kruger (estrela que venceu o prêmio de melhor atriz em Cannes por sua atuação em “Em Pedaços”), Kumail Nanjiani (roteirista, diretor e protagonista em “Doentes de Amor”), Robert Pattinson (“Bom Comportamento”), Margot Robbie (“I, Tonya”) e Lois Smith (“Marjorie Prime”). No painel, moderado por Scott Feinberg, que escreve a coluna “Corrida do Oscar” na prestigiada revista “The Hollywood Reporter”, os participantes compartilharam as dores e delícias da produção de seus filmes indies, feita com pouco dinheiro, mas muita criatividade. Aliás, os bons roteiros têm contribuído para a ascensão da indústria do cinema independente. O filme “Moonlight”, vencedor do Oscar ano passado é a prova concreta disso, pois foi concluído com baixo orçamento e mesmo com a maioria dos atores desconhecidos, ganhou o coração do público e dos membros da Academia que surpreenderam a todos elegendo “Moonlight” como melhor filme, ao invés de “La La Land”, como esperado por muitos.

Eu sou fã de carteirinha do cinema independente e dos filmes estrangeiros, assim como concordo com Richard Gere e Lois Smith que defenderam com unhas e dentes a importância de assistir aos filmes no cinema, não só em casa na Netflix. Mas é evidente que as novas plataformas têm permitido ao grande público assistir aos filmes indies, que antes eram restritos apenas aqueles que moram nos grandes centros urbanos, já que geralmente esses filmes não são lançados no grande circuito pois têm menos verba de distribuição. E como alguns dos filmes protagonizados, dirigidos e roteirizados pelas estrelas que encontramos no AFI Fest são a sensação da indústria indie no momento, preparamos 2 listas de filmes imperdíveis. A primeira você pode ver abaixo e a segunda postaremos nesta sexta-feira. Anote e confira, no cinema ou em casa, vale a pena assistir a essas obras-primas.

Norman: Confie Em Mim

Norman Oppenheimer (Richard Gere) é o dono de um pequeno negócio. Ele faz amizade com um jovem político em um período complicado da vida. Porém, três anos depois, o político torna-se um influente líder mundial, transformando drasticamente a vida de Norman tanto positivamente quanto negativamente. Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-233199/

Data de lançamento: 4 de maio de 2017 (1h 59min)
Direção: Joseph Cedar
Elenco: Richard Gere, Lior Ashkenazi, Michael Sheen mais
Gênero” Drama

Trailer Legendado:

Em Pedaços

Katia Sekerci (Diane Kruger) leva uma vida pacata ao lado do marido Nuri (Numan Acar) e do filho. Um dia, ela é surpreendida ao descobrir que os dois morreram com uma bomba que foi colocada no escritório de Nuri. Desesperada, Katia decide lutar por justiça ao descobrir que os responsáveis sao de um grupo neonazista. Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-231371/

Data de lançamento: 8 de fevereiro de 2018 (1h 46min)
Direção: Fatih Akın
Elenco: Diane Kruger, Denis Moschitto, Numan Acar mais
Gêneros: Drama, Suspense
Nacionalidades: Alemanha, França

Trailer Legendado:

Beatriz at Dinner

Beatriz (Salma), e uma imigrante de uma cidade pobre no México, que construiu uma carreira bem sucedida como um profissional de saúde nos EUA. Doug Strutt é um empresário americano desleal que se tornou bilionário. Quando esses dois opostos se encontram em um jantar, seus mundos colidem e eles jamais serão os mesmos. Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-249446/

Direção: Miguel Arteta
Elenco: Salma Hayek, John Lithgow, Chloë Sevigny mais
Gênero: Drama
Nacionalidade: EUA

Trailer:

E, como não poderia deixar de ser, o nosso encontro com Robert mereceu um post especial. Dá uma olhada nos detalhes de como foi reencontrá-lo pela primeira vez desde que o entrevistamos na época de “Amanhecer – Parte 2”:

Robert Pattinson brilha em nova produção. Vem ver nosso encontro com o ator

Saiba mais sobre o AFI Fest, que é um festival de cinema independente gratuito em LA:

AFI Fest: LA celebra cinema independente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *