Another: Leitura de dar medo em obra de sucesso no Japão

Por: Carl

Yukiko AGATSUJI
Editora JBC
2015
392 páginas

SINOPSE: Koichi Sakakibara é um ginasial comum de saúde frágil. Após uma crise pulmonar e uma repentina viagem de seu pai, o jovem é obrigado a se mudar para a cidade natal de sua falecida mãe, Yomiyama, e ficar sob os cuidados de seus avós maternos. Ao se transferir para a Escola Ginasial Yomiyama do Norte, o garoto percebe um estranho clima de tensão entre seus colegas e os professores responsáveis pela sala. O garoto foi enviado para a Turma 3-3, uma sala especial. O que Koichi não sabia é que um inexplicável fenômeno ronda essa classe e que, enquanto ele tenta chegar ao fundo dos segredos e acidentes sem sentido do seu novo cotidiano, uma inegável e fatídica verdade se revelaria: “Esse é um ano que tem!” Grande sucesso no Japão, o romance de suspense Another rompeu as barreiras da literatura impressa e foi adaptado em mangá, animê e ainda se aventurou em um longa-metragem em live-action para os cinemas. No Brasil, tanto a animação quanto o mangá chegaram oficialmente em 2013. O mangá, publicado pela Editora JBC, se tornou um dos maiores sucessos do ano, e agora você tem a oportunidade de ler o livro que deu origem a ele!

Este é daqueles livros que, infelizmente, poucos que acessam o blog irão ler. Isso, porque ele é vendido apenas em bancas e Comic Shops, o que dificulta sua aquisição para os leitores que frequentam apenas livrarias. Mesmo assim, gostei demais para não incluir sua resenha.

Koichi é um garoto de 15 anos que sofre de um problema chamado de pneumotórax espontâneo primário. Ocorre quando uma parte do pulmão se rasga e um pouco de ar escapa para o tórax, provocando dor no peito e dificuldade na respiração. A pessoa precisa ser internada até o tecido se regenerar. Isso ocorre em algumas pessoas, sem uma causa aparente, que sofrem de estresse, ou um grande susto.

Entenderam o drama? Logo em uma história de terror! Rssss

No início da história, Koichi saiu de Tóquio e foi morar com os avós maternos na pequena cidade de Yomiyama. Quando começa a frequentar as aulas no novo colégio, descobre que existe uma maldição, ou um fenômeno, como eles preferem chamar, que mata alunos ou professores, e seus familiares, ligados à turma 3-3, durante todo o ano letivo, a menos que uma contramedida seja tomada para evitar isso.

Esse fenômeno começou 26 anos antes, quando Misaki, o aluno mais popular da sala, morre de forma inesperada. Como todos ficam transtornados, decidem fingir que ele ainda está presente, inclusive os professores. No fim do ano, na foto de formatura, eles descobrem algo que não esperavam: Misaki aparece na foto!

No ano seguinte, as mortes começam. Sempre um aluno por mês, ou algum seu familiar, de forma acidental. Alguns anos depois, eles finalmente conseguem encontrar uma forma de impedir que alguém morra: precisam fingir que um dos alunos da sala não existe, como se ele fosse o próprio Misaki.

Koichi, sem saber disso, insiste em conversar com Mei, uma menina da sala que usa um tapa-olho, só que ela foi a escolhida para ser ignorada. Ao fazer isso, Koichi interrompe a contramedida e as mortes recomeçam.

Sem dúvidas, os japoneses sabem como criar histórias de terror. As situações que acompanhamos são bem construídas e os personagens cativantes e misteriosos. A leitura aumenta nossa imaginação, e, em certos momentos, cheguei a olhar se não havia alguém atrás de mim! Kkkkkkkkkk

Uma coisa importante nesse tipo de história, é a descrição do ambiente onde as coisas acontecem. É necessário existir um detalhamento dos lugares, criar a atmosfera propícia para o susto. E o autor soube fazer isso de forma criativa, sem apelar para o óbvio.

As mortes são do tipo que deixam bastante sangue, lembrando um pouco outra obra japonesa, Battle Royale. E o desfecho acaba por surpreender, quando descobrimos quem é o responsável pelas mortes daquele ano. Não posso entrar em detalhes sobre isso, mas não falta ação, correrias, perigos e mortos.

ANOTHER é um dos melhores livros de terror que li nos últimos anos. Ele tem mistérios e situações de arrepiar. Ainda mais quando começamos a descobrir as verdadeiras razões para os assassinatos acontecerem, e que existe entre eles alguém que não deveria estar. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *