Comemoração à la “Barrados no Baile” na casa da Kelly e da Donna

“Barrados no Baile”, pra mim, foi mais que uma série que eu era fã nos anos 90, foi uma inspiração que a vida inteira me motivou a morar nos EUA.

Foi também tema de trabalho e viagem com os amigos nos tempos de faculdade. E é um divisor de águas na minha vida, como é na história da TV. Muita gente não sabe, mas “Beverly Hills 90210”, nome original do seriado, foi a primeira série dedicada ao público adolescente da televisão mundial, ou seja, todas que vieram depois como “The O.C.” e até “The Vampire Diaries”, pra citar duas das nossas favoritas, foram graças à Barrados no Baile”.

Eu já tinha me formado no ensino médio (High School) quando a série estreou, mas minha alma adolescente curtiu como se eu ainda não estivesse na faculdade.

Por essas e outras, eu comemorei meu aniversário de 40 anos, em 2012, no apartamento de praia que serviu de locação para o seriado durante 6, de suas 10 temporadas. A residência oficial de Kelly e Donna, durante e depois da faculdade, também foi casa de David e Claire e era um dos pontos de encontro favoritos da galera 90210.

Para a nossa sorte, o dono do prédio aluga os 3 apartamentos por um mínimo de 3 noites, pelo valor de US$ 600/noite. Inicialmente você pode achar uma fortuna, mas se você fizer um tour com a gente nos vídeos e fotos publicados neste post, você vai ver que vale a pena, especialmente se você divide as despesas com os amigos.

 


 

O apartamento de Kelly e Donna não é só um espetáculo para os fãs de “Barrados no Baile”, você pode nunca ter visto a série, mas vai curtir cada segundo da vista da praia de Hermosa Beach, especialmente o espetáculo que o sol dá ao se pôr nas profundezas do Oceano Pacífico.

A decoração é apropriada para uma casa de praia pra lá de confortável, e inclui todos os utensílios domésticos que você pode imaginar, além de TV a cabo, internet, jacuzzi, churrasqueira, bicicletas e até pranchas de surfe, que estão à disposição dos convidados.

Volta e meia eu faço uma super maratona de “Barrados” e a última que fiz terminei em fevereiro deste ano, quando por curiosidade fui dar uma olhada para ver se o preço do aluguel da Beach House continuava o mesmo de 6 anos atrás. Não só descobri que sim, como vi que o prédio está à venda e provavelmente será demolido para que, em seu lugar, seja construída uma nova e bela residência. O proprietário mudou de planos e quer embolsar os US$ 16 milhões, a propriedade vale isso tudo mesmo, e se aventurar pelo mundo.

Não o culpo, lógico, mas eu também não poderia deixar de retornar ao apartamento de praia para me despedir de Kelly e Donna, com o glamour que a locação e meu coração de fã mereciam!

Meu aniversário é em setembro, mas o apartamento do segundo andar (o que era de fato das personagens da série) só estava disponível em outubro, o que foi ótimo pois pude contar com a presença de amigas que vieram do Brasil e puderam participar da comemoração tardia, mas igualmente animada dos meus 46 anos.

Foi um final de semana de brindes, bom papo, alto astral e o sonho realizado mais uma vez, com gosto de primeira vez.

O melhor foi a feliz coincidência de que, 2 dias antes de nossa visita à Kelly&Donna, encontramos Valerie Malone autografando seu livro de receitas na livraria Barnes&Noble, em Los Angeles. Foi mágico e registramos o momento com uma foto animada. E garantimos que sua intérprete Tiffany Amber-Thiessen é muito mais simpática que sua personagem maquiavélica na série, por sinal, eu fui sorteada pra ser Valerie na tal viagem com os amigos da faculdade, que fiz em 1995, em homenagem à “Barrados”. Com tudo isso, devo acreditar que o universo conspira para a felicidade de uma viciada em seriado.

 

O prédio, eventualmente, será vendido e a locação deixará de existir mas, na minha memória e no meu coração, vou lembrar pra sempre que tive a oportunidade de celebrar dois importantes aniversários na Beach House, que um dia sonhei morar, quando assistia os episódios de “Barrados no Baile”, na sessão aventura (há decadas ocupada pelo seriado “Malhação”), na casa dos meus pais na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. Não foi fácil chegar até Hermosa Beach, mas valeu cada segundo de luta, assim como valeu seguir à risca as palavras do poeta Henri Thoreau: “Siga confiante em direção ao seu sonho. Tenha a Vida que você imaginou”.

 

 

Espero que essa história sirva de inspiração pra vocês fazerem o mesmo!

Beijo grande,
Claudinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *