Mesmo Se Nada Der Certo – Em busca dos sonhos

O conceito de uma vida feliz é diferente para cada um de nós. Alguns buscam o sucesso profissional, outros sonham em ter uma família, alguns se dedicam a trabalhos voluntários e outros preferem viajar o mundo. Não importa se nos nos encaixamos em uma ou mais de uma dessas categorias, uma coisa é fato, a gente vai passar por momentos desafiadores na nossa caminhada em busca da conquista de nossos objetivos. Vamos nos decepcionar com um trabalho ou um amigo. Vamos sentir a dor de amar sem ser correspondido, ou simplesmente ver uma grande amor partir, vamos abrir mão de alguns sonhos para realizar outros e neste processo teremos que fazer escolhas difíceis.

Isso sem contar que o sucesso depende muitas vezes em viver fora da zona de conforto que é o que nos leva a reinventar a nossa trajetória, mas é um processo ansioso e dolorido, às vezes. Mas só aqueles que tiverem dispostos a enfrentar os dias nublados sem desistir é que vão ser recompensados com a tal felicidade, que pode durar segundos, minutos, horas, dias, meses, anos, ainda assim a batalha para se manter feliz será sempre uma constante. Alguns sonhos se realizam, mas você vai continuar a sonhar outros e assim o ciclo da sua existência irá se renovando e se torna mais interessante para aquelas pessoas que se preocupam menos com os resultados, mas que aproveitam intensamente cada uma das experiências vividas durante o percurso.

“Mesmo Se Nada Der Certo” é o título em português do filme “Begin Again”, na minha opinião, um dos melhores do gênero (drama, romance) de 2014 e aborda exatamente este tema que é tão simples mas tão difícil de viver na prática: “A vida é uma caminhada não um destino.”

 

 

Mark Ruffalo e Keira Knightley foram indicados ao Oscar por outros trabalhos este ano, mas injustamente não por esta história simples que, todos nós que buscamos a realização dos nossos sonhos e a superação das dificuldades, tanto nos identificamos.

No filme, Keira interpreta uma cantora que se muda para Nova York e, logo após chegar no local, seu namorado americano (Adam Levine) decide terminar o relacionamento. Em plena crise, ela começa a cantar em bares, até ser descoberta por um produtor de discos (Mark Ruffalo), certo de que ela pode se tornar uma estrela.

Nova York é mais que uma locação, é um personagem, a trilha sonora é sensacional e “Lost Stars”, de Adam Levine, foi indicada ao Oscar de melhor canção em 2014. Apesar de não ter levado a estatueta, a musica é inspiradora e virou um dos meus vícios nos últimos meses.

 

 

Não ha receita de bolo para alcançar com perfeição nossos objetivos de vida, até porque a perfeição não existe, mas um dos papéis do entretenimento, seja através dos filmes ou da música, é além de distrair, contar histórias que possam de alguma forma dar boas ideias, e aquela injeção de energia para aqueles que queiram transformar as suas vidas.

Se você está nesta busca, não deixe de conferir “Mesmo Se Nada Der Certo”, e seja o que for que você procura encontrar, que tenha forças para correr os riscos necessários para construir a vida que você imaginou.

box_se_nada_der_certo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *