Valentine’s Day – Mais de 20 Anos de Amor

Alguns de vocês vão dizer que estou ficando velha e repetitiva, o que talvez seja verdade. Mas para celebrar o Valentine’s Day, o dia em que comemoramos o amor nos EUA, vou lhes contar (de novo) uma das histórias mais especiais da minha vida. Fico feliz em compartilhar com quem ainda não conhece, e sei que aqueles que já me ouviram falar disso vão me perdoar, afinal é por um motivo muito nobre…

No dia 01 de maio de 1995, os recém-formados em Comunicação Social na Puc/RJ, Claudia, Mônica, Mirelle, Renato, Muri, Débora e os amigos Cacá, Claudia Cristina (‘a Cinco Bara’) e Luisão foram para a casa dos meus pais na serra de Teresópolis, estado do Rio de Janeiro para passar um feriado temático. Vestidos dos nossos personagens prediletos da série “Barrados no Baile”, nesta viagem fizemos uma cápsula do tempo, inspirados em um dos episódios mais emocionantes da série que ficou no ar durante uma década. Nesta caixa colocamos fotos, mensagens, o jornal do dia, a revista da semana, além da fita de video onde estava gravado o final de semana. Diferente da série, que a caixa é enterrada e aberta só 50 anos depois, nós a guardamos e abrimos 5 anos depois. Naquelas cartas tinham revelações que de certa forma mudaram a minha vida para sempre e me fizeram uma pessoa melhor.

 

 

Mas felicidade mesmo é poder dizer para vocês que mais de 20 anos depois, essas pessoas continuam na minha vida e continuam sendo meus grandes amigos. Segui meu destino, me mudei para a vizinhança dos personagens do Barrados, que originalmente chama-se “Beverly Hills 90210”, mas a minha vida estaria LONGE de ser a mesma sem esses parceiros. Ao longo dos anos, o nosso grupo cresceu, chegaram os novos amigos para alegrar ainda mais a caminhada. E o bacana é que esta turma é o que chamamos de “pau pra toda obra”, foram eles que estavam ao meu lado quando a minha mãe operou de câncer, também eles compartilharam a minha alegria no dia do casamento do Diogo, meu irmão e da Rê. Com eles sonhei meus sonhos, chorei, gargalhei, com eles briguei (com uns mais que outros! rs). A eles magoei, pedi perdão, fui magoada e perdoei. Vivemos dramas, viramos o século juntos, brindamos, seguramos a barra uns dos outros. Vimos namoros começarem, relações terminarem, crianças nascerem, dias clarearem, músicas tocarem, pessoas chegarem e outras partirem.


Acreditei que ao lado deles eu estaria no meu aniversário de 40 anos, como passei a data em LA, não pudemos estar lado a lado. Mas mesmo à distância eles não deixaram de comemorar comigo. Se reuniram na casa da Nat, no Rio, e celebramos no Skype minhas 4 décadas de vida. Em homenagem ao nosso sonho de juventude estava lá eu na casa que serviu de locação para o nosso seriado predileto, “Barrados no Baile”. A festa em Hermosa Beach (https://www.hollywoodeaqui.com/hermosa-beach-aniversario-em-cenario-de-tv/) foi linda e cheia de amigos incríveis, mas bateu a saudade daquela turminha. Ficou a promessa de fazermos outra quando eles puderem me visitar em Beverly Hills.

 

 

Enquanto isso, a gente vai matando as saudades nas festinhas que promovemos no Skype, aliás, quando me perguntam como é morar em Los Angeles, eu confesso ser sim um sonho realizado, mas tenho que enfrentar a consequência desta escolha, que é ficar longe dos amigos, dos papos da vida, da convivência com a família, das farras no Rio de Janeiro. Claro que somos privilegiados com a internet hoje em dia que facilita nosso contato, ainda sim, tem dia que a saudade aperta. Mas, assim é a vida, e a felicidade está quando sabemos lidar bem com as consequências dos nossos atos.

Por isso, achei que poderia hoje falar novamente sobre Barrados, como uma forma singela de celebrar o grande amor que sinto por cada um dos meus amigos e agradecer a eles pela companhia em todos esses anos de estrada e por mesmo à distância absolutamente nunca, nem por um segundo sequer, terem deixado eu me sentir sozinha. A energia, a alegria, a companhia de vocês é sentida por mim todos os dias e é celebrada em cada viagem minha ao Brasil quando tenho o prazer de revê-los para um bate-papo, um chope gelado, um beijo estalado, um abraço apertado. Nada mais justo que hoje, no Dia do Amor, eu dedicasse este humilde post a vocês e à nossa história.

E para vocês queridos leitores, desejo nesta data que tenham muitos amigos e construam relações duradoura com eles, pois uma coisa é certa, quanto mais velhos ficamos mais precisamos das pessoas que fizeram parte do nosso passado. Além disso, como diria o gênio Raul Seixas, a gente precisa de boas companhias para sonhar…

“Sonho que se sonha só
É só um sonho que se sonha só
Mas sonho que se sonha junto é realidade”

Feliz Valentine’s Day!
Happy Valentine’s Day!

Quer saber mais sobre o VD?
http://hollywoodeaqui.tumblr.com/post/17627835866/feliz-dia-do-amor
http://pt.wikipedia.org/wiki/Valentine%27s_day 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *