Réveillon em Seattle: Virada para 2018 na cidade supera expectativas

Postado em 8 de janeiro de 2018 por webmaster

Seattle, onde passei o último Réveillon, não é uma das viradas de ano mais populares nos EUA. Na verdade, em primeiro lugar está Nova York, que é uma das mais famosas do mundo e, em segundo, Nashville, a capital da música country no pais, que tem uma festa de Réveillon que reúne mais de 1 milhão de pessoas na rua, digamos que é Copacabana com uma temperatura de 4 graus abaixo de zero.

Estivemos lá em 2014 e foi pra lá de divertido:

Um Giro no Réveillon de Nashville

Mas então o que nos motivou a visitar Seattle, especialmente no Réveillon?

Eu já conhecia a cidade e tinha adorado, mas fui antes de saber que ela era o cenário do romance de Christian Grey e Anastasia Steele. Depois que o casal entrou na minha vida, a minha curiosidade de voltar a Seattle aumentou, e passou a ser meu objetivo retornar a cidade pra passear pelas locações mencionadas nos livros da trilogia “50 Tons de Cinza” (o filme foi rodado, na verdade, em Vancouver, no Canadá, pois tem incentivos fiscais o que torna o custo de produção mais viável). Além disso, achei super irreverente passar a virada na festa no Museu de História Natural com uma vista privilegiada da Space Needle, o ponto turístico mais famoso de Seattle, onde acontece o show de fogos de artifício na virada.

 

 

Foi uma decisão pra lá de acertada. Além de curtirmos todas as atrações do museu, incluindo o planetário, DJs animavam duas pistas de dança e diversos bares serviam exóticos drinks e apetitosos aperitivos. A gente podia ver os fogos do lado de dentro do museu aquecido, mas preferimos enfrentar o frio (fazia 0 graus na hora da virada) e receber 2018 do terraço, com um espetáculo que nos surpreendeu e superou todas as expectativas, assim como esperamos que seja o novo ano, repleto de boas surpresas.

 

 

Fiquei hospedada num hotel bem no coração da cidade, aliás excelente e com um visual privilegiado. Próximo ao local da festa. Se não fosse o salto alto poderia ter ido a pé, mas uma carona no Uber foi conveniente e custou barato.

Seattle é uma bela cidade, conhecida pelos seus excelentes bares e restaurantes e muito mais econômica do que Los Angeles e Nova York. Tive sorte, apesar do frio, o céu estava azul e o sol brilhou durante todo o tempo que estive nesta cidade que é conhecida por seus dias chuvosos e nublados, daí inclusive a referência a Mr. Grey (que em inglês, e cinza, o que define a personalidade de Christian, aliás, Seattle é a cidade perfeita para ser sua morada mesmo).

Se o ano de 2018 for metade do quão incrível foram meus dias em Seattle, serei abençoada mesmo. Ainda essa semana vou publicar todas as nossas aventuras pelas locações da trilogia 50 Tons. Mas aqui estão algumas dicas imperdíveis para quem visita a cidade em qualquer época do ano, e fica a sugestão para os que desejam passar o Réveillon nos EUA, é menos frio que em NY e que em Nashville, animado, mais barato, sem multidão ou confusão, e pode não ser o espetáculo de Copacabana, mas a Space Needle recebe o novo ano com um show digno de um Réveillon que deixa saudades!

Se você ficar hospedado no centro de Seattle, pode fazer tudo a pé,ou pegar Uber (que é super em conta), inclusive visitar os pontos turísticos principais da cidade. Mas para explorar outros bairros, o ideal é alugar um carro. Não custa muito, e vale a pena, pois os arredores da cidade são como um cartão postal, e onde você vai encontrar ótimos bares e o melhor hambúrger da cidade. Vale o investimento:

 

Onde Ficar:

https://www.destinationhotels.com/motif-seattle

Pra Hora do Brunch:

http://redcedarandsage.com/

O Melhor Hambúrguer da Cidade:

http://lorettasnorthwesterner.com/

Pra Festa da Virada:

https://www.pacificsciencecenter.org/

 

Pra Receber o Ano Novo:

https://www.spaceneedle.com/home/

 

Onde Tomar a Saideira:

http://www.elephantcastle.com/

 

Tags:, , , ,




DEIXE UM COMENTÁRIO