5 Razões para Assistir Gotham

Na última segunda-feira, Gotham estreou sua segunda temporada no canal FOX. Com o subtítulo “Rise of The Villians”, a série demonstrou que irá apostar nos vilões para essa nova temporada. Com um início de série um tanto quanto morno, a primeira temporada de Gotham foi evoluindo junto com as atuações de seus atores principais. Destaque para Robin Lord Taylor que fez do Pinguim um dos personagens favoritos dos fãs da série. Por conta disso, segue 5 razões para que você não perca a ascensão de uma das melhores séries baseadas em HQs.

gotham1

1. Variados núcleos

Durante toda a primeira temporada Gotham mostrou-se uma série rica em enredo. A série possui diversos núcleos, como o clube da Fish Mooney, o conflito pelo poder entre os mafiosos Carmine Falcone e Salvatore Maroni, a delegacia de Gotham com os detetives James Gordon e Harvey Bullock e a mansão Wayne com Bruce Wayne e Alfred Pennyworth. Apesar dos núcleos se encontrarem diversas vezes, cada personagem possui sua história independente que é sustentada e evoluída ao longo de toda temporada.


2. Evolução dos personagens

Gotham é daquelas séries que dão um salto de qualidade ao longo da temporada. A evolução dos personagens é extremamente visível ao passar do tempo. Personagens com Oswald Cobblepot e Edward Nygma saem de meros coadjuvantes para aqueles que atraem a atenção do público. Destaque para Fish Mooney, interpretada pela atriz Jada Pinkett Smith, a personagem que não está presente nas HQs conseguiu atrair a atenção e agradou ao público rapidamente.


3. Batman em segundo plano

Apesar da série se chamar “Gotham”, a história de um dos personagens mais famosos dos quadrinhos acaba ficando em segundo plano. Bruce Wayne, que na série tem 12 anos, é simplesmente um coadjuvante no meio de tantos vilões e criminosos de Gotham. Bruce acabou de perder os pais em um assassinato e entrou na missão de descobrir quem é o assassino. Agora órfão, ele passa a ser criado pelo seu mordomo e velho conhecido de todos os fãs, Alfred Pennyworth. Apesar de muitos ainda criticarem a série por não acelerar o processo da transformação de Bruce para Batman, o objetivo de Gotham é mostrar o surgimento e a ascensão dos vilões clássicos dos quadrinhos.

gotham2

4. Fidelidade à HQs

Um dos maiores receios dos fãs dos quadrinhos antes do lançamento da série era como os roteiristas iriam contar as histórias dos vilões e quais vilões iriam ser inseridos na série. E os criadores não decepcionaram. Como ponta pé inicial, os produtores apostaram em dois vilões clássicos, Pinguim e Charada, que na série ainda são Oswald Cobblepot e Edward Nygma. Os dois entraram de cara nas graças do público, o que fez com que os produtores apostassem em mais vilões nessa segunda temporada. Personagens conhecidos dos fãs das HQs como Mulher-Gato, Harvey Dent, Barbara Kean (mais conhecida como Barbara Gordon), Carmine Falcone e Salvatore Maroni também estão presentes na série.

5. Elenco de prestígio

É comum você estar assistindo Gotham e reconhecer vários atores da série. Isso ocorre porque os protagonistas da série já são conhecidos por outras séries de sucesso. Ben McKenzie (James Gordon) é conhecido pela série The O.C, já Donal Logue (Harvey Bullock) é conhecido por participações em Sons of Anarchy e Vikings, o ator Robin Lord Taylor (Oswald Cobblepot) é conhecido pela sua participação em The Walking Dead. A atriz Jada Pinkett Smith é casada com o ator Will Smith e fez parte de diversas produções junto com o marido. A atriz brasileira Morena Baccarin (Dra Leslie Thompkins), que foi promovida de elenco recorrente para elenco regular nesta temporada, é conhecida pela série “V”. Morena também faz a voz de Gideon, o computador de Harrison Wells na série The Flash e está no elenco do filme da Marvel “Deadpool” que será lançado em fevereiro de 2016.

Apesar de Gotham ser mais uma das séries na onda das histórias em quadrinhos acaba se destacando por não focar nos heróis clássicos, como The Flash e Arrow, mas sim, em mostrar a origem dos vilões. A história do Batman já foi contada diversas vezes no cinema e os produtores cientes disso, decidiram mostrar um lado diferente das histórias em quadrinho. Com Gotham, percebemos que apesar de amarmos os heróis, é os vilões que fazem as histórias ficarem mais interessantes e apaixonantes.

bio_camila_gulaberto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *