Indicados ao Oscar 2019 de melhor filme estrangeiro são boa pedida para os cinéfilos de plantão

Creio que há alguns anos eu não gostava tanto dos filmes indicados ao Oscar na categoria filme estrangeiro. Enquanto torço para “Roma”, meu favorito, levar a estatueta de melhor filme, meu coração bate forte por todos os estrangeiros indicados. Ficarei feliz independente de quem leve o prêmio para casa.

 

Assunto de Família

 

O japonês “Assunto de Família”, por exemplo, me emocionou tanto quanto “Projeto Florida”, um dos meus filmes favoritos em 2018. A estória gira em torno de uma família, classe meéia baixa, que, apesar de não ter recursos financeiros, abre sua casa e seu coração para quem precisa de ajuda. O filme mostra que os laços de amizade são tão fortes quanto os laços de sangue e, mesmo de uma forma um tanto “torta”, nos dá uma lição de amor e generosidade. Me lembrou que alguns fins justificam os meios sim e, mesmo quando a verdade muda o rumo da nossa trajetória, cada sonho que realizamos, e cada pessoa que conhecemos durante o caminho que percorremos juntos, vão contribuir para sempre para a pessoa que nos tornamos. Sorri e chorei assistindo ao filme, e vou guardar algumas de suas singelas lições para aplicá-las na minha caminhada.

“Assunto de Família” estreou em janeiro no Brasil e eu sugiro que vocês assistam porque é uma daquelas poesias que, ao invés da gente ler, a gente vê na tela e, mesmo que nos faça chorar, vai ao mesmo tempo nos inspirar. Imperdível conferir!

vvvvv
Depois de uma de suas sessões de furtos, Osamu (Lily Franky) e seu filho se deparam com uma garotinha. A princípio eles relutam em abrigar a menina, mas a esposa de Osamu concorda em cuidar dela depois de saber das dificuldades que enfrenta. Embora a família seja pobre, e mal ganhem dinheiro dos pequenos crimes que cometem, eles parecem viver felizes juntos até que um incidente revela segredos escondidos, testando os laços que os unem.

 

Data de lançamento: 10 de janeiro de 2019 (2h 01min)
Direção: Hirokazu Kore-eda
Elenco: Lily Franky, Sakura Andô, Kiki Kirin mais
Gênero: Drama
Nacionalidade: Japão

vvvvv

 

 

Nunca Deixe de Lembrar

O alemão “Nunca Deixe de Lembrar” tem 3 horas de duração, o que e atípico na “Era Digital”, mas vou contar pra vocês que vale a pena cada segundo e, melhor, é um daqueles filmes longos que a gente não percebe o tempo passar, são tantos acontecimentos na vida do protagonista, desde a sua infância até o sucesso profissional na vida adulta, tendo como pano de fundo a guerra e o nazismo na Alemanha Oriental, que nos mantêm ocupados e entretidos todo o tempo.

Ao final da sessão privada que assisti em Los Angeles, rolou um bate-papo com o diretor/roteirista Florian Henckel von Donnersmarck, e o diretor de fotografia Caleb Deschanel, que também está indicado ao Oscar.

Foi super interessante descobrir que o excelente ator Tom Schilling, que interpreta o protagonista, fez 7 testes de elenco com o diretor e todos foram mal, como Florian contou, mas Tom estava tão determinado a conseguir o papel que, no seu suposto último encontro com o diretor, ele lhe deu uma carta. Foi graças a ela que Florian o contratou e, com certeza, não se arrependeu, porque Tom dá um show como Kurt Barnert.

A fotografia do filme é realmente belíssima e não é difícil justificar porque Caleb foi indicado ao Oscar, mas o interessante é que ele é americano e não fala alemão. O filme é em alemão e foi rodado no país, com uma equipe local. Caleb contou que recebeu um roteiro em inglês, mas, durante as filmagens, ele não entendia o que estavam dizendo ao vivo, e afirma que talvez por não entender o idioma, ficou ainda mais fácil traduzir seu sentimento através das imagens. E eu garanto a vocês que seu trabalho merece a estatueta, pois deu um toque mais que especial à própria narrativa.

“Nunca Deixe de Lembrar” ainda não estreou no Brasil, mas deixo aqui a minha sugestão para que os cinéfilos de plantão coloquem o filme em suas listas, com 5 estrelas ao lado.

vvvvv
Kurt Barnert (Tom Schilling) é um artista alemão que conseguiu escapar da Alemanha Oriental durante o nazismo. Agora, ele vive seus dias na Alemanha Ocidental, mas ainda assim é atormentado pelos traumas da sua infância sob o regime dos nazistas e da República Democrata Alemã (RDA).

Data de lançamento: em breve (3h09min)
Direção: Florian Henckel von Donnersmarck
Elenco: Tom Schilling, Sebastian Koch, Paula Beer mais
Gêneros: Drama, Suspense
Nacionalidade: Alemanha

vvvvv

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *