Première 50 Tons de Liberdade em LA com Dakota e Jamie

Olha se tivessem me perguntado na manhã de quinta como terminaria meu dia, eu diria que em casa, vendo seriado, mas graças ao meu amigo Rafa, dono do site Portal 50 Tons, minha noite de 1 de fevereiro terminou na première do filme “Cinquenta Tons de Liberdade”, com a presença de ninguém mais, ninguém menos que a Sra. e o Sr. Grey, Dakota Johnson, Jamie Dornan, o diretor James Foley e E.L. James, que agradeceu a nossa presença e apresentou o último filme da trilogia baseada nos livros de sua autoria.

 

Isso sem contar que assisti o filme pertinho dos atores Eloise Mumford (intérprete de Kate) e do gatíssimo Brant Daugherty (intérprete de Luke Sawyer). Foi uma daquelas noites que parecem que a gente está sonhando enquanto acontece, sabe?! Foi tudo tão de repente e quando vi eu tinha até recebido do segurança um ingresso para mudar de cinema e assistir com os convidados VIPS da Universal. Certamente a sorte estava do meu lado, pois quando passei pelo corredor ainda cruzei com Dakotinha e Eloise colocando o papo em dia, e consegui registrar o momento carinhoso das BFFs.

 

 

Obrigada Rafa por me colocar em contato com a ótima oportunidade! E com vocês, queridos fãs da trilogia, eu compartilho a dor e a delícia de ver o filme, afinal é o último da saga mas, garanto que, pelo menos na minha opinião, teve um final lindo, como a história de amor de Ana e Christian.

No áudio abaixo falo um pouquinho mais do que achei do filme, sem spoilers:

 

 

E neste segundo áudio estão VÁRIOS SPOILERS, então quem não curte NÃO escute, por favor:

 

 

4 comentários sobre “Première 50 Tons de Liberdade em LA com Dakota e Jamie

  1. Olá Cláudia. Assisti filme hoje no primeiro minuto desta quinta-feira.Gostei mas não amei o filme.Quando acabou o filme , senti que não respirei, achei tudo muito rápido,cenas que eram charmosas passaram muito rápido, as cenas sensuais foram mais demoradas. Fiquei me perguntando: quando a autora mudou a direção do filme, a partir do segundo porque não tinha as cenas que estavam no livro, como ela se sente em colocar cenas que nem estavam em nenhum dos tres livros.!? A Dakota estava ótima (muito poder para a Ana), mas calaram o Christian (JD). Concordo que o filme é diferente do livro, e seria impossível colocar todas as cenas. Na minha opinião, o primeiro filme é muito mais charmoso do que os os outros dois. Acho que o roteiro e a direção por mulheres, fez a diferença. Que Jamie e a Dakota sejam felizes em seus próximos trabalhos e que essa experiencia positiva ou negativa desta trilogia, os façam ser melhores atores em cada trabalho que realizarem.
    Cláudia Obrigado pelo seu trabalho!

  2. Bem como disse, não foi o melhor filme para mim, achei corrido achei falta de alguns detalhes do livro. Por exemplo irmão da kate. Jose ocupou deu lugar, mas passando como figurante.Tudo muito corrido me senti sufocada em alguns momentos embora tecnicamente seja bom pois me afetou. Achei legal o filme mas com toda certeza na minha visão leiga. Porém apaixonada pela trilogia que o dark foi mais profundo onde estabeleceram um sentimento maior. Uma conexão… bjus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *