Promo Clássicos de Terror

Os apaixonados pelo gênero terror/thriller são fiéis e entusiasmados. Alguns dos filmes mais famosos fizeram tanto sucesso de bilheteria que foram publicados como livros, outras obras famosas foram adaptados para a telona, levando milhões de pessoas ao cinema.

A editora Dark Side nos presenteou com três exemplares de livros, baseados em filmes, que entraram para a história de muitas gerações, e que até hoje são considerados verdadeiras obras primas.

livros_cassicos_terror

 

Alguns consideram “Goonies”, produzido por Steven Spielberg, aventura, mas quem já assistiu sabe que tem lá seu suspense. “Psicose” é a bíblia do thriller, criado pelo Deus do gênero, Alfred Hitchcock e “A Noite dos Mortos Vivos” dispensa apresentações e comentários, já que desde seu lançamento, em 1968, ocupa um lugar de destaque na vida dos fãs de terror.

Neste clima de dar frio na barriga, o Hollywood é Aqui pergunta:
Qual o clássico do terror que marcou a sua vida?

Responda nos comentários deste post e concorra a estes brindes indispensáveis na estante de um apreciador do gênero.

banner_classicos_terror

E já que é para arrepiar a peruca, hoje estreia no Brasil o filme “Renascida do Inferno”, dos mesmos produtores de ‘Atividade Paranormal”, estrelado por Olivia Wilde, confiram porque essa produção é imperdível:

ps_renascida_do_inferno

Agradecimentos especiais:

A Editora Dark Side pela doação dos livros.

darkside-parceria1

ps_dark_side

Ao querido amigo Tiago Souza que foi o responsável pelo contato com a editora, e pela idealização desta promoção. Além de ser um dos grandes colaboradores do nosso site.

Tiago Souza

Aos designers Pedro Henrique e Gabriella Sbrugnera, que fizeram os banners.

jzaThwM

15 comentários sobre “Promo Clássicos de Terror

  1. Com uns 12 anos, eu já tinha visto ‘A Hora do Pesadelo’ e ‘Hellraiser’. Mas só senti medo de verdade com ‘o exorcista’. Esse filme me assustou tanto que pausei o dvd várias vezes até criar coragem para chegar ao fim do filme. No fim, passei uma semana sem dormir

  2. O filme que me marcou de terror foi com certeza Psicose do Hitchcock, que me fez amar cinema e considerar Alfred meu diretor favorito; o livro que me marcou foi Carrie do rei da literatura de horror Stephen King.

  3. “O Massacre da Serra Elétrica” de 1974 marcou minha vida, pelo fato do filme não ter muito sangue, quase nenhum, e mesmo assim me deixar tenso, apreensivo com o que ia acontecer.
    Além de um cara com uma máscara de couro humano, o que por si só, dar muito medo.

  4. O primeiro clássico que marcou minha vida foi quando cheguei de noite no quarto dos meus pais e assisti o Making Of the Evil Dead. Foi o bastante pra me fazer ter pesadelos durantes meses… E anos depois vim a ser fã maluco da série.
    Outro clássico marcante foi O Exorcista, que ainda mexe comigo devido à maquiagem realista e ao enredo pesado e assustador.

  5. O filme de terror que mais me marcou e me fez ficar uma semana sem dormir,foi O massacre da serra elétrica, a ponto de me dar calafrios até hoje quando escuto barulhos de serras elétrica ou algo parecido.

  6. O filme de terror que mais me marcou foi “13 fantasma”, isso por que eu tinha 9 anos quando assisti com o meu pai e meu tios. Ele me marcou muito porque foi o primeiro filme do gênero que assiti, com que fez eu ficar com medo assistir outros filmes do gênero até meus 16 anos, quando enfim eu assitir de novo o filme e descobri que era um remake do filme de 1960 de mesmo nome.

  7. Psicose, pois é um filme envolvente, cheio de mistério e com atores perfeitos para os papeis. Foi um dos primeiros desse gênero que vi e nunca canso dele! Aí está meu amor por terror! Depois desse clássico, tanto o livro quando o filme, me apaixono cada vez mais
    Aproveitando a deixa, a série “Bates Motel” está fazendo um ótimo trabalho trazendo a adolescência problemática de Norman. Em outras palavras….amo tudo relacionado com Psicose!!

  8. Me marcou muito o filme do Gremlins, não sei se é assim tão terro, mas assisti quando era bem criança, tive muitos pesadelos, com aquela bola de Gremlins assassina matando todo mundo. Além desse, O Exorcista, com certeza, aliás, fico impressionada até hoje quando assisto.

  9. O filme que mais me marcou na infância foi o independente Ginger Snaps (ou “Possuída”, no Brasil). Ele trata de uma garota infectada por um lobisomen e, junto à irmã, precisa lidar com os processos da transformação, bem como aparição de outros lobisomens.

    O tom obscuro e a maneira como as coisas são tratadas, não só me proporcionaram noites sem dormir, como também me deixaram obcecados com a ideia. Ele, junto ao clássico O Exorcista, me fizeram amar o gênero, que até hoje, me faz obcecado com suas histórias. Afinal, ter medo do escuro, é se aprofundar em grandes histórias e desvendar bons mistérios.

  10. The Grudge e O exorcista. Minha amiga estava de aniversário e convidou alguns amigos para irem assistir filmes com ela. Começamos com comédia e tal, eu estava tranquila. Até que, ela colocou ‘o exorcista’: MEU PAI AMADO!!!!! Passei o filme inteiro me escondendo atrás da almofada, cagada de medo e apavorada. Em seguida, ela disse que seria um “menos assustador” e foi o filme “The Grudge” que se tornou comédia por causa de mim, todos os amigos dela ficaram rindo dos meus gritos de sustos que eu levava. Ela sabendo que eu iria dormir ali, passou a noite inteira me assustando ainda mais e eu obviamente não conseguia fechar o olho um segundo!! No final das contas, passei a semana inteira com as imagens dos filmes na cabeça e apesar de eu querer “quebrar” ela por ter me feito passar vergonha na frente de todos, eu a agradeço também, porque por mais que fosse mais nova e pequena, meu amor por filmes desse gênero eram grandes e crescem cada vez mais. Hoje estou sempre atrás de livros, seriados, filmes e tudo que tem direito a ter suspense ou terror!!! Amo de paixãooooo!!!

  11. O Chamado, aquela menina me assustou tanto que se eu vir um poço na minha frente vou correr na outra direção, e agora que não tenho vídeo cassete em casa mais, e o telefone tem identificador de chamadas, me sinto muito mais tranquila!

  12. Psicose, porque quando eu o assisti pela primeira vez ainda era pequeno. Meu irmão mais velho, querendo se divertir às minhas custas, resolveu me fazer uma “visita” enquanto eu estava no chuveiro: apagou a luz do banheiro, apareceu com uma vela e na mão tinha uma escova de banho, mas à sombra da vela, e na cabeça de um menino que tinha assistido a Psicose recentemente, logo imaginei bobagem e saí correndo de lá, sem roupas, enquanto meu irmão caía na gargalhada, mas só até meu pai chegar e colocá-lo de castigo por essa brincadeira e por ter colocado um filme de terror para eu ver tão novo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *