Santa Bárbara faz parte de roteiro paradisíaco na Califórnia

A primeira vez que visitei Santa Bárbara foi antes mesmo de me mudar para a Califórnia. Em 2007, mamãe e eu viemos a Los Angeles e fomos passar o dia na pitoresca cidade de praia que fica aproximadamente a 1h30min de Los Angeles.

Ao longo dos anos, estive em Santa Bárbara inúmeras vezes, seja pra passar uns dias, para fazer uma parada rápida durante uma road trip ou ainda cobrir algum evento de trabalho, tive a oportunidade de conhecer a cidade como a palma da minha mão.

Fazia 4 anos que eu não ia lá, a última vez tinha sido para ver Saoirse Ronan, nossa “Lady Bird” no Santa Barbara International Film Festival, em 2018.

Depois da pandemia, e tantas idas e vindas, foi uma delícia retornar à cidade e ao festival de cinema para prestigiar outra das minhas atrizes prediletas, Penélope Cruz.

Mas o auge dessa minha escapada foi passar o Dia Internacional da Mulher na praia, caminhando no belo píer, comendo bem e tomando drinks para celebrar a vida nessa data especial.

As amigas não puderam ir comigo e fui sozinha. Aproveito as viagens que faço “solicita” para passar um tempo e me conectar comigo mesma.


Além disso, foi importante retornar a um local que estive com mamãe, depois de sua partida em dezembro. Minha ida à Santa Barbara me trouxe excelentes lembranças do tempo que passamos lá, o que confortou meu coração.

No Píer tem vários restaurantes que oferecem cardápio variado, mas bom ressaltar que o forte de todos são pratos de frutos do mar. É um lugar turístico, os preços são mais salgados porém, durante a Happy Hour, as promoções são incríveis, tanto para os drinks como para os aperitivos (os horários variam dependendo do restaurante, mas em alguns estabelecimentos a HH vai de 15h às 18h), vale super a pena.

Claro que aproveitei os descontos, mas confesso que melhor do que o nacho de frutos do mar, os moluscos e os drinks que saboreei, só mesmo a bela vista do Pacífico, que é de tirar o fôlego.

Eu me dei de presente uma noite no hotel Castillo Inn at the Beach. Super confortável, pertinho da praia, da marina, do Píer e da State Street (a rua principal da cidade, repleta de restaurantes e lojinhas imperdíveis). Curti tanto o cantinho que achei que valia a propaganda gratuita. A diária gira em torno de R$ 980,00, com o dólar alto como está tenho consciência que o em reais é considerado um hotel caro, mas se dividir entre 4 pessoas, fica bem mais razoável. Então a dica vai para viagens em grupo, ou para os casais e familiares que estejam com o orçamento mais folgado.

Depois de ver Penélope e seu marido Javier Bardem e viver a emoção de retornar aos festivais de cinema e à cobertura do tapete vermelho no super charmoso e histórico The Arlington Theater (no centro de SB), aproveitei para relaxar, pois eu, viciada em viagens, adoro um quarto de hotel.

Na manhã seguinte, o trabalho me esperava de volta em Los Angeles, mas deu tempo de tomar um belo brunch à beira mar. Com energia renovada e com a alma consolada por todos os momentos felizes que vivi em Santa Bárbara com a mamãe, voltei com tudo para a rotina, com a certeza que esse cantinho de veraneio foi, e continua sendo, uma das locações especiais da minha jornada nos EUA.

Se você mora em LA, está passando uma temporada por aqui, ou só veio passear, sugiro incluir Santa Bárbara no seu roteiro de viagem. Espero que o conteúdo desse post coloque um “gostinho” na boca pra vocês esse paraíso californiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *