Painel de Superman & Lois reúne elenco afinado no PaleyFest

Como não é todo dia que passamos o domingo com Superman & Lois, não podemos deixar de celebrar nosso encontro com esse super casal e seus intérpretes, Tyler Hoechlin e Elizabeth Tulloch; e todo o elenco dessa série que mostra o outro lado do herói, no Paley Fest.

 

As boas surpresas começaram nos bastidores, depois de concederem entrevistas aos jornalistas presentes no tapete, os atores interagiram longe das câmeras e eu, felizmente, estava lá pra registrar como eles realmente são uma grande família longe do set de gravações.

 

 

Registramos a fofura que foi a interação de Bitsie e Tyler com o filhinho de Erik Valdez (Kyle Cushing). Uma prova singela que a amizade entre as famílias Kent e a Cushing se repete na vida real.

 

 

Aliás, o clima familiar da série veio do produtor executivo Greg Berlanti, como contou o criador Todd Helbing: “Greg me ligou e disse, vamos fazer uma série do Superman onde “Everwood“ encontra “The Flash”. Eu, que pretendia tirar umas férias, não consegui dizer não à premissa do Greg, achei super interessante. Desenvolvemos assim Superman & Lois. E gosto muito do resultado”.

Segundo o próprio Superman, Tyler Hoechlin, esse aspecto da série foi o que mais o conquistou: “eu já tinha dado vida ao Superman, em ‘Supergirl’, mas é uma honra mostrar o lado pai, família, desse herói icônico”.

 

 

 

“Eu também acho fantástico”, complementou Bitsie. “E somos pais de adolescentes, o que traz uma dinâmica diferente não só ao seriado, como a minha vida pessoal também”.

Por motivos profissionais o ator Jordan Elsass, que interpreta um dos filhos do casal, não pode comparecer, mas seu irmão na série, Alex Garfin (Jordan Kent) estava lá e afirmou que os dois tem muito orgulho em participar desse projeto: “imagina que honra pra mim começar a minha carreira trabalhando com esse elenco maravilhoso, numa produção como essa. E eu sei que o Jordan se sente da mesma forma. Somos privilegiados”.

 

 

Não são só os novatos que estão felizes por participar da série, Dylan Walsh, o pai de Lois (General Sam Lane) também ressaltou como esse personagem é importante para a sua carreira: “depois de um determinado tempo, não é tão fácil recebermos convites para interpretar personagens fortes e importantes pra gente como ator, especialmente na TV. Esse foi um presente”.

“Imagina a minha surpresa quando meu empresário me ligou dizendo que os produtores queriam me contratar para ser regular na série. Eu tinha feito teste para uma participação especial e cá estou, a Natalie Irons mudou a minha vida”, revelou Tayler Buck sobre a sua contratação.

Seu pai na série, Wole Parks (John Henry Irons/Steel) confirmou que foi uma alegria para ele também saber que a jornada de Tyler seria mais longa do que o pensado inicialmente, “a permanência de Natalie na série enriqueceu a trajetória do meu personagem e adoro trabalhar com ela, acho que nossa família ainda vai emocionar muito os fãs”.

Da mesma forma carinhosa, os atores que formam o núcleo Cushing falam de seu trabalho e da equipe, dos roteiristas e diretores que são muito dedicados a criar um ambiente seguro e criativo para os atores: Emmanuelle Chirqui (Lana Cushing) destaca o script: “impressionante a sensibilidade com que os roteiristas tratam os problemas familiares, juntamente com as responsabilidades dos super-heróis que salvam o mundo. Já Inde Navarrette (Sarah Cushing) fala sobre a importância do trabalho dos figurinistas na composição de sua personagem: “eu sou uma mulher de 21 anos interpretando uma adolescente de 14, o figurino era fundamental para dar à personagem o corpo adolescente e não de uma jovem totalmente desenvolvido. Trabalhei junto com a equipe de figurinistas que foi brilhante e me apoiou e entendeu. Temos o melhor grupo atrás das câmeras e gostaríamos que os fãs soubessem disso também”. Erik, o patriarca dos Cushing, concordou e complementou: “tem toda a razão, nossa equipe é maravilhosa e responsável por nos proporcionar um ambiente que permite a nossa amizade e união, a nossa relação pessoal é fundamental para a relação dos nossos personagens”.

Sofia Hasmik ainda destaca que para ela interpretar Chrissy Beppo, uma jornalista, é um sonho realizado na sua vida profissional e pessoal “imagina, eu cresci assistindo ‘Superman’, sempre admirei tanto a Lois, a carreira dela, e agora não só posso trabalhar com ela, como conviver com meus heróis da infância”.

E foi nesse clima de uma família feliz, reunida em um domingo de sol, que curtimos o nosso encontro com esses atores tão queridos na vida real como seus personagens.

Aliás, eu já tinha entrevistado Tyler Hoechlin, quando ele participou de “Supergirl”, na Comic Con em San Diego e só afirmo que o ator, quanto mais sucesso faz, mais simpático e acessível fica. Coisa muito rara em Hollywood. O intérprete do Superman não poderia ser mais humano e essa sensação só traz ainda mais realidade ao pai de família que ele interpreta na telinha. Quero sempre um homem assim pra salvar a humanidade!

E pra quem nunca viu o vídeo de nossa entrevista com Tyler, só clicar na matéria abaixo:

https://www.hollywoodeaqui.com/melhores-momentos-da-comic-con-2016/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *