“Shrill”: Série trata de forma honesta temas sensíveis como aborto e obesidade

O melhor presente que ganhei do evento The Contenders, promovido pelo portal Deadline para apresentar as séries que estão pleiteando uma indicação ao Emmy Awards, foi o encontro com Elizabeth Banks e Alexandra Rushfield, produtores da fantástica série “Shrill”.

Estrelada pela excelente Aidy Bryant (uma das feras de “Saturday Night Live”), a série é baseada no livro “Shrill: Notes from a Loud Woman”, de Lindy West.
Annie (Aidy Bryant) é uma jovem mulher que deseja mudar sua vida, mas não seu corpo. Ela tenta conciliar a carreira de jornalista com namorados ruins, pais doentes e um chefe perfeccionista, enquanto mostra para as pessoas que a julgam por ser gorda que é capaz de fazer tudo que quiser. Fonte: http://www.adorocinema.com/series/serie-23945/

Eu assisti os seis episódios, com cerca de meia hora de duração cada um, em apenas 1 dia. Como toda excelente comédia, “Shrill” me fez rir alto e, também, me fez chorar copiosamente, especialmente porque é baseada em fatos reais. Mas o que mais me comoveu foi a maneira honesta que a série tratou temas sensíveis como o aborto, abordado já no primeiro episódio. O seriado apresenta as dificuldades e desafios profissionais e pessoais enfrentados por mulheres acima do peso, uma categoria que, até o momento, nunca tinha sido representada de forma decente em séries e filmes.

O elenco dá um show à parte, o que torna os diálogos e os relacionamentos entre os pais e a filha, ela e o namorado, o chefe, os colegas do trabalho e a melhor amiga ainda mais verossímeis e sensíveis. “Shrill” também é um tapa na cara de quem julga as pessoas pela aparência, ao mesmo tempo, que todos nós, de certa forma, nos identificamos com os problemas de auto-estima que Annie enfrenta no seu dia-a-dia.

Na real, mais que um seriado qualquer, “Shrill” é uma lição de vida. É uma daquelas séries que vale a pena assistir mais de uma vez!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *