Sophie Rose tem composição gravada por Anitta para o filme “Ugly Dolls”

Em 2017, tivemos o prazer de entrevistar a jovem cantora e compositora Sophie Rose. Fã de Taylor Swift e Demi Deusa, Sophie escreve música desde que se apaixonou por “Fifteen” de Taylor.

Recentemente, colocamos o papo em dia e Sophie me contou sobre sua parceria com Anitta, que gravou sua canção “Ugly” (“Feia”), um dos destaques da trilha sonora do filme “Ugly Dolls”.

Na nossa conversa, Sophie fala do orgulho que sentiu de ver as letras da música, que compôs na adolescência, ser interpretada por uma das cantoras mais famosas do Brasil, e ainda da felicidade que foi saber que a música faria parte de um filme tão especial. Além disso, Sophie compartilha algumas de suas conquistas, planos para o futuro e dá dicas especiais para aqueles que, como ela, gostariam de seguir uma carreira no mundo da música. Imperdível conferir:

Olá, Sophie. Aqui é a Claudia. Como você está?
SR: Bem e você?

Estou muito bem e tão feliz por saber que sua carreira está decolando de forma tão incrível desde a última vez que falamos.
SR: Obrigada!

Vamos começar pelo começo: o que aconteceu no último ano? Da última vez que falamos, você mencionou que escreve músicas desde a adolescência e falou sobre todos as metas que deseja conquistar. Conte-me um pouquinho do que está acontecendo na sua vida.
SR: No último ano, estive focada no meu próprio projeto como artista. Das músicas que escrevi antes… Eu acabei de lançar “Ugly” com a Anitta, mas escrevi essa música há dois anos. Então, no último ano, estive focada no meu projeto e em escrever para mim ao invés de para outras pessoas. Aí, tive algumas oportunidades que surgiram enquanto eu estava focada em meu projeto… “Ugly” já estava no processo de ser lançada e de ser parte do filme por mais de um ano.

Isso é incrível.
SR: Tudo leva tempo e eu acho que muito aconteceu para mim nos últimos meses, como artista e como compositora. Mas tudo isso vem sendo construído por mais de um ano. As coisas que acabaram de acontecer já estão em processo há algum tempo. Então, é bacana ver tudo ficando pronto.

Tenho certeza que você sabe que a Anitta é uma artista gigantesca no Brasil e até ao redor do mundo. Ela é incrível. Recentemente, ela esteve aqui filmando um clipe – você sabia disso?
SR: Desculpe?

Ela esteve em LA há algum tempo para filmar um clipe.
SR: Ah, sim.

E como isso aconteceu? Eu fiquei tão feliz por você e pelos fãs brasileiros. Não apenas os brasileiros, mas especialmente eles porque conseguiram conhecer uma de suas músicas através da Anitta, o que é incrível. Como aconteceu?
SR: Foi meio insano. A Anitta gravou a música um ou dois meses antes do lançamento. A música tem sido parte do filme… Não uma parte do filme, mas o estúdio já queria usá-la como parte da história e da trilha sonora há mais de um ano. Eles estavam decidindo quem deveria cantá-la e consideraram Kelly Clarkson e Bebe Rexha até concordarem que era perfeita para a Anitta. Então, ela acabou gravando logo antes do lançamento, provavelmente um mês ou dois antes. Eles estavam guardando a música até encontrarem a pessoa certa. Aí, chegou até a Anitta, ela cantou em diversos idiomas e foi tão legal. Foi completamente inesperado para mim como compositora, porque eu não tinha ideia de que ela faria um trabalho tão incrível e de que daria à musica uma audiência bem maior do que eu esperava.

Isso é incrível porque eu sei que é uma música especial para você. Vamos falar um pouco sobre o processo de composição: o que te inspirou? Como aconteceu?
SR: Foi bem maluco, porque entrei no processo de composição com duas pessoas que eu nunca tinha visto – os nomes deles são Sizzy Rocket e Jayson DeZuzio. A sessão foi há quase dois anos. Nós fomos para a sessão de brainstorming cheios de ideias e acho que queríamos escrever uma música que transmitisse uma mensagem, que fosse mais do que uma música pop sem muito significado. Eu tinha o título “Ugly” no meu telefone já há algum tempo… Então, começamos a falar sobre como usar isso em uma música, acabamos escrevendo e, imediatamente, já sabíamos que seria algo especial. Foi muito legal porque já estávamos empolgados com a música mesmo antes de algo acontecer. Nós sabíamos que algo incrível aconteceria com ela e aqui estamos agora.

Você teve a chance de conhecer a Anitta?
SR: Não, mas eu adoraria!

Ela é muito legal.
SR: Eu adoraria me conectar com ela via redes sociais ou de qualquer forma que puder.

Eu gostaria de falar um pouco sobre o filme. A música é parte da trilha sonora de “Uglydolls”, certo?
SR: Sim.

Isso é, novamente, um passo grande para você e para sua carreira. Você já viu o filme? Quais são suas expectativas?
SR: Eu fui a uma exibição antecipada do filme há alguns meses e é tão bom. Eu amei o filme, achei que é tão importante e que tem uma mensagem tão bacana para os jovens ouvirem. Achei que foi muito bem feito e amei todos os personagens e músicas. É tudo ótimo e fiquei muito feliz por ver.

E o que vem a seguir? Você deve estar ocupada agora! Conte-me um pouco do que virá em seguida.
SR: Eu tenho tanta sorte por poder estar trabalhando em meu projeto e poder achar a próxima coisa que quero fazer, porque acabei de lançar um EP há algumas semanas. Meu primeiro EP como artista! Agora, estou tentando achar as músicas certas para lançar em seguida e fazendo sessões de composição com outros artistas. Estou fazendo as mesmas coisas que vinha fazendo e esperando as oportunidades surgirem.

Isso é ótimo. E como vai o EP, você está feliz? O que pode nos dizer a respeito?
SR: Estou muito feliz! Eu escrevi e produzi todas as músicas. Foi bem difícil, mas eu aprendi muito no processo e estou orgulhosa dele. Está indo muito bem e eu estou tão feliz por tê-lo lá fora no mundo, por saber que as pessoas podem buscar por ele e ouvi-lo. Depois de trabalhar tão arduamente nele e por tanto tempo, é bom saber que ele está lá fora.

Eu amo que você faz tudo! Você se joga, escreve, produz e está sempre trabalhando, desde que era adolescente.
SR: Sim!

Isso é incrível e uma inspiração para as pessoas, especialmente os jovens da sua idade. Eu sempre gosto de fazer essa pergunta porque escrevemos para adolescentes e jovens adultos: às vezes, as pessoas têm sonhos e imaginam que não vão chegar a lugar nenhum… Então, eles simplesmente não fazem nada. Eles não começam o processo. Você pode deixar uma mensagem para eles? Você está fazendo tudo e, agora, depois de todos estes anos, está lançando seu EP e as coisas estão começando a acontecer. A Anitta está cantando sua música e ela é parte da trilha sonora de um filme. Você pode deixar uma mensagem para eles sobre se abrir para o mundo e trabalhar arduamente?
SR: Sim. Eu acho que é importante compreender que as coisas levam tempo. Especialmente para mim, quando as pessoas me encontram online… Eu recebo muitas mensagens de jovens garotas que querem começar a escrever ou produzir e elas falam coisas como: “meu Deus, eu nunca serei tão boa quanto você. Você tem a minha idade e está indo tão bem”. É difícil para mim porque eu não quero desencorajar as pessoas. Eu estudei em casa desde que era nova e comecei a trabalhar muito cedo… Então, as pessoas não percebem há quanto tempo eu venho fazendo isso. Eu acho que qualquer pessoa pode aprender qualquer coisa se trabalhar duro e praticar. Tudo leva prática. Eu tive muita sorte porque pude começar bem cedo, mas eu acho que sua idade não importa: você pode conquistar qualquer coisa pela qual batalhar.

Eu concordo. Isso é tão inspirador e estou tão feliz por você! Estou feliz por saber que está trabalhando e espero que você tenha a chance de conhecer a Anitta. Talvez, vocês escrevam mais músicas juntas, o que seria ótimo.
SR: Seria incrível!

Muito obrigada pelo seu tempo e te desejo muito sucesso.
SR: Muito obrigada!

 

 

 

 

 

 

Quer conhecer melhor Sophie? Confira o site da cantora e suas redes sociais:

http://sophierose.com/

 

https://www.instagram.com/sophierosemusic/

 

https://twitter.com/sophierosemusic

 

https://www.facebook.com/SophieRoseMusic/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *