Sundance Film Festival: Rapidinhas do segundo dia

Por: Claudia Ciuffo

E quem disse que um festival de cinema é feito só de filmes….

Comecei o dia tão cedo que vi o amanhecer no centro da cidade ainda vazio.

Graças ao Kickstarter, tomei um café da manhã regado a mimosas numa casa com vista privilegiada, enquanto fazia novos amigos e escutava um bom jazz.

Desci a pé a montanha aproveitando as últimas horas antes da nevasca, e curtindo a vibração aconchegante de Park City.

Comi um hambúrger vegan, oferecido gratuitamente por um food truck, que se autointitula impossível. Confesso que não sou muito chegada a comida vegan, mas o impossível fez jus ao nome e eu lambi os beiços.

De volta ao centro da cidade, fui parar num barzinho onde a cerveja, a pizza e a saladinha eram gratuitas, conclui assim que o Sundance Film Festival não é só generoso para os cineastas de filme independente promoverem seus trabalhos, mas sim para todos os seus frequentadores.

A minha última parada foi a festa de abertura oficial oferecida pelos organizadores do festival, no super cool e animado lounge da Sundance TV. E lá presenciei um reencontro pra lá de especial da família “The Walking Dead” e ouvi uma frase épica de Chris Hardwick: “Isso aqui é a Comic Con com 5 graus abaixo de zero e neve por onde você passa, o que torna a experiência ainda mais intensa”. Cris sabe o que fala mesmo!

 

E no início da noite, a tão esperada nevasca chegou, e aí o jeito foi mesmo ligar a lareira e descansar deste dia mágico assistindo um antigo episódio de “Gilmore Girls”.

Resumo do dia: este Sundance está saindo muito melhor que a encomenda, e os dias aqui estão mais animados do que os dias que sonhei em passar aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *