“The Resident”: Caso real de morte de paciente pós-parto nos EUA inspira episódio da série

Verdade seja dita, o sistema de saúde nos EUA é um lixo. Sei muito bem que temos problemas seríssimos neste setor no Brasil também, mas o país desenvolvido onde morrem mais mulheres em consequência de complicações ocorridas durante e após o parto, no mundo, é os EUA, como mencionado no excelente episódio, baseado em uma história real, da série “The Resident”, que foi ao ar na segunda-feira.

Aproximadamente 700 mulheres morrem anualmente durante ou após darem a luz no país. E a situação ainda é mais agravante, pois envolve uma séria questão racial, já que o número de mortes entre as mulheres negras é 4 vezes maior (dependendo do estado até mais) do que entre as brancas.

Aos 39 anos de idade, Kira Johnson morreu vítima de uma hemorragia interna poucas horas depois da cesariana de seu segundo filho, no prestigiado hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles. Segundo seu marido Charles Johnson, o hospital não deu atenção ao caso de Kira, demorando a diagnosticar seu problema e prestar atendimento, mesmo ela ainda estando no local. A demora agravou seu caso e ela faleceu durante a cirugia para controlar sua hemorragia.

Para manter viva a memória de Kira, e com o intuito de que leis fossem criadas a fim de impedir que tragédias como a de sua esposa continuassem acontecendo com tanta frequência, Charles fundou a organização não-governamental Para Kira Para Mães.

Os criadores e produtores de “The Resident” assistiram a um discurso que Johnson fez no Congresso sobre seu caso, apresentando uma proposta e um abaixo-assinado para criar uma legislação que investisse em pesquisas, com o intuito de reduzir a mortalidade pós-parto entre as mulheres.

Emocionados e comovidos pela história e pela luta de Charles, eles escreveram um episódio da série, com a benção dele, relatando o caso (os nomes e detalhes médicos foram alterados, para proteger os envolvidos). Eu chorei copiosamente, claro, mas creio que a importância dos seriados de TV vai além de entreter, as séries também têm a função de informar e creio que “The Resident”, da qual sou fã desde a primeira temporada, tem cumprido seu papel brilhantemente. Especialmente porque é a única série do gênero até hoje que mostra, de forma realista, toda a podridão que envolve o sistema de saúde no país, inclusive como os poderosos da indústria farmacêutica e hospitalar administram hospitais como empresas lucrativas, capazes até de matar seus pacientes, propositalmente, para gerar lucros ou evitar prejuízos.

Acreditem em mim, a peruca de vocês vai voar muitas vezes assistindo “The Resident”, que é uma aula de como as coisas funcionam na vida real e, por isso, é tão importante entendermos para aprendermos como lidar com determinadas situações que podem acontecer conosco.


Trailer legendado:


Depoimento de Charles Johnson, marido de Kira Johnson, que faleceu após dar a luz ao seu segundo filho e inspirou este episódio:


Saiba mais sobre a organização não-governamental Para Kira Para Mães:
http://4kira4moms.com


Veja porque somos fãs de carteirinha de “The Resident”:

https://www.hollywoodeaqui.com/the-resident-serie-sobre-drama-medico-e-a-nova-queridinha-da-fox/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *