Emoção, tensão e muitas lutas: “Creed II” chega aos cinemas com grande potencial

Por: Matheus Fabbris

Após o sucesso do primeiro filme “Creed: Nascido para Lutar” em 2015, a sequência “Creed II” chega aos cinemas com grande potencial e ainda melhor que o primeiro.

Adonis Creed (Michael B. Jordan) saiu mais forte do que nunca de sua luta contra ‘Pretty’ Ricky Conlan (Tony Bellew), e segue sua trajetória rumo ao campeonato mundial de boxe, contra toda a desconfiança que acompanha a sombra de seu pai e com o apoio de Rocky (Sylvester Stallone). Sua próxima luta não será tão simples, ele precisa enfrentar um adversário que possui uma forte ligação com o passado de sua família, o que torna tudo ainda mais complexo.

O mais novo longa em cartaz da Warner Bros. já está entre nós! “Creed II” continua a trama de Adonis Creed (Michael B. Jordan) e mostra nitidamente a evolução física e emocional do personagem, que também é um ponto importante, mas não tão especial quanto ao encontro de Rocky Balboa (Sylvester Stallone) e Ivan Drago (Dolph Lundgren) 35 anos depois. Gente, sério, é um momento que todos nós esperávamos, certo? É impactante!

Testando o protagonista, Ivan Drago chega a Filadélfia com um desafio para Adonis: enfrentar seu filho Viktor Drago (Florian Munteanu), um monstro quase que inquestionável. E olha, o duelo é de arrepiar!

O grande Michael B. Jordan cresce a cada cena que passa, é muita qualidade e “ginga” do ator que faz um show impecável nas telonas. Eu já tinha percebido no primeiro filme, mas agora consigo comprovar que Jordan foi a melhor aposta para o longa.

Sylvester Stallone como Rocky Balboa é lindo de assistir. O ator consegue se reinventar cada vez mais. Novos obstáculos são enfrentados, mas sempre com a determinação que já conhecemos. Balboa é como uma força para Adonis, sempre emocionando e ensinando o protagonista – uma batalha no ringue com palavras certas.

E claro, um destaque especial para Tessa Thompson (Bianca Taylor), que interpreta a namorada de Adonis, uma cantora/compositora que tem uma doença de perda auditiva com o tempo e enfrenta uma luta difícil, mas inspiradora. Thompson está incrível no papel e brilha muito, assim como todos do elenco.

Deixo os detalhes técnicos para os críticos que estudaram anos sobre e podem pautar o assunto com propriedade, mas a fotografia do longa é de tirar o fôlego, tal como a trilha sonora, que traz detalhes essenciais em cada momento do filme. Nem preciso falar sobre o clássico do Rocky Balboa, né?

Inclusive, Stallone anunciou que sua participação como Rocky nos cinemas terminou em Creed, mas será mesmo?! Acho que dá pra engatar mais uma aparição, hein?! Vamos aguardar!

Creed II” – que já está em cartaz – é uma boa pedida para conferir nas telonas brasileiras. O filme se sustenta do início ao fim e vai além de apenas uma produção ‘de esporte’, mas também, de muitas lições e histórias de superação.

Recomendado para você

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *