ATX Festival: Trajetória da estrela latina Selena Quintanilla ganha série na Netflix

Muitos podem não saber, mas a bela Selena Gomez ia se chamar Priscilla. Mas como sua prima, que nasceu 6 meses antes, recebeu esse nome, seus pais, fãs de carteirinha da cantora Selena Quintanilla, resolveram chamar sua pequena de Selena, em homenagem ao seu ídolo.

Além do nome e de uma carreira bem-sucedida no entretenimento, ambas as Selenas nasceram no Texas, em uma família com procedência mexicana. (O pai de Selena Gomez tem ascendência mexicana e os pais de Quintanilla são mexicanos).

Agora, finalmente os fãs de Gomez vão poder conhecer a história da Selena, conhecida como a Madonna da música texana, que inspirou o nome da cantora pop, na série estrelada por Christian Serratos (“The Walking Dead”, “Crepúsculo”) e produzida pela Netflix.

Dividida em duas partes, a obra escrita por Moisés Zamora (American Crime) é descrita como um “coming of age”, a fim de contar a ascensão daquela que é vista como uma das melhores e mais importantes cantoras da música latina, com vendas de mais de 80 milhões de discos em todo o mundo, tornando-se uma das artistas femininas mais vendidas na história. Cantora, compositora, designer e vencedora do Grammy, Selena morreu ao ser baleada pela presidente de seu fã-clube, em março de 1995, quando tinha apenas 23 anos de idade.

Ficamos frente a frente com Moisés Zamora (criador e produtor executivo), Jaime Dávila (produtor executivo), Christian Serratos e Ricardo Chavira, que interpretou Abraham, pai de Selena, no painel da série, no ATX Television Festival.

Super simpáticos e muito honrados por participar de um projeto tão especial, os produtores e atores destacaram a importância de Selena Quintanilla para a comunidade latina nos EUA e para a música latina no mundo.

Moisés e Jaime destacaram a importância de apresentar Quintanilla para essa nova geração, “nesse momento que o mundo e, especialmente a indústria do entretenimento, luta tanto por diversidade, é importante contar a história de Selena, que é um símbolo importante dessa batalha já que nasceu em uma família de imigrantes, cresceu sem recursos, passou dificuldades financeiras com seus pais e começou a cantar ainda criança, numa banda formada pelos irmãos e empresariada pelo seu pai, em busca de melhores oportunidades para toda a família”.

O ator Ricardo Chavira destaca também que a jornada da família Quintanilla reflete a jornada de muitas famílias latinas nos EUA. “Foi uma alegria dar vida a Abraham, o maior incentivador da carreira da cantora, empresário da banda dos filhos, que dirigia o trailer que levava a família para os shows, que ele mesmo negociava, nas cidades do interior do Texas. Um batalhador que mesmo depois da morte da filha continuou trabalhando arduamente, ao lado de sua esposa, para manter a obra e a memória de Selena viva”.

Christian Serrados, que está brilhante como Selena, passou por uma transformação para dar vida à protagonista. A atriz falou da honra e da responsabilidade de interpretar um ícone do entretenimento. “Eu cresci ouvindo Selena, sempre fui fã, mergulhei de cabeça nesse trabalho buscando fazer jus a sua memória e a sua história como cantora, filha, irmã, esposa e empresária. Foi muito bom contar com a ajuda da família Quintanilla, que participou ativamente de todo o processo.” Os pais de Selena são produtores da série, o que segundo Moises e Jaime foi essencial para seu sucesso pois trouxe um senso de realidade que só com a colaboração de quem viveu a jornada.

Eu me emocionei profundamente maratonando os episódios que contam a trajetória de Selena e da família Quintanilla que, realmente, representa muitas famílias não só nos EUA, mas pelo mundo afora. Eu mesma me identifiquei com várias passagens. Selena foi uma revolucionária em vários aspectos e estou feliz que novas gerações vão poder se inspirar nela, assim como os pais de Selena Gomez quando deram seu nome àquela que também é um ícone do entretenimento atual.

Imperdível conferir.

O elenco da família ainda é formado por Gabriel Chavarria (The Purge), Noemi Gonzalez (The Young and the Restless), Seidy Lopez (Dia de Treinamento). Fonte: Adoro Cinema

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *