Comic Con 2022: Universo TWD dominando o segundo dia do evento

Por: Raquel Zambon

A programação da San Diego Comic Con deste ano ficou um pouco incompleta pelas incertezas da COVID-19, mas uma tradição se manteve: o universo The Walking Dead foi dono e proprietário da sexta-feira do evento, com um painel que arrancou lágrimas dos fãs.

Confira um pouquinho dos destaques do segundo dia da SDCC:

The Lord of the Rings

A Amazon não estava para brincadeira ao abrir o Hall H na sexta. Uma orquestra deu início ao painel de Senhor dos Anéis e, em seguida, a nova série foi apresentada em três telões, com imagens incríveis e um som absurdo – tudo para fazer os fãs se sentirem dentro da Terra Média!

O showrunner Patrick McKay confirmou que, mais do que magia, a nova série foca em emoções humanas: “O quão longe você iria para proteger aqueles que mais ama? Esse é o coração da história”, afirmou, garantindo que ama trabalhar com o material de Tolkien porque ele “fala a linguagem da alma”.

Pelas opiniões apresentadas pelo elenco no painel, já deu para perceber que a produção é positivamente feminista. A atriz Nazanin Boniadi, que interpreta Bronwyn, disse que o que mais ama na série é que cada personagem mulher não serve a um homem, mas a um propósito próprio.

O destaque ficou para Sophia Nomvete, que interpreta Disa, a primeira anã mulher do universo Tolkien. Ela teve um bebê enquanto fazia os testes para a série, e a menina tinha apenas 8 semanas durante as gravações. A roupa da personagem dela abria na altura dos seios para que ela pudesse amamentar durante as gravações. Mulher poderosa, né?

Tales of the Walking Dead

A nova empreitada do universo TWD contará, em seis pequenos filmes, seis histórias de personagens diferentes durante o apocalipse. Cinco deles são novos, mas uma já é conhecida do público: nossa Alfa! Teremos a oportunidade de ver a história de suas origens… A atriz Samantha Morton disse que, na nona temporada de TWD, só vimos a visão de Lydia sobre sua infância – o que não é necessariamente a verdade sobre como as coisas aconteceram!

Samantha também afirmou que está ansiosa para que os fãs conheçam os motivos de Alfa: “Eu tenho 45 anos e, como atriz, os papéis mudam com a idade e podem ser grandes porcarias. Este é o papel da minha vida e eu quero saber de onde a Alfa veio”.

Conhecido como o “pai do Chris”, o ator Terry Crews também está muito empolgado com o lançamento do show: “Nem consigo explicar o quanto estou feliz por fazer parte desse universo e prometo que vocês vão amar a série”. Promessa é dívida, hein, Terry?

The Walking Dead

Depois de 11 anos, os últimos episódios de TWD estão chegando, o que significa que este é o último painel da série na San Diego Comic Con. E ele foi cheio de emoção!

Melissa McBride foi às lágrimas durante o painel: “Essa experiência foi tão incrível e eu nunca pensei que significaria tanto para mim. Tem tanto que eu quero dizer e não consigo…”, falou, sendo abraçada pelos colegas.

Norman Reedus também falou de sua conexão com TWD: “Eu fiz alguns dos meus melhores amigos nesses anos. O show se transformou em algo imenso, mas nós mantivemos nossos valores-base de família… Esse show é nosso. Eu quero chorar e beijar todo mundo”, brincou, apontando para os fãs. O moderador Chris Hardwick completou a piada, dizendo que esse seria um dos brindes mais exclusivos da Comic Con!

E acredita que os comentários do elenco não foram a parte mais incrível do painel? O Hall H foi à loucura quando, nos últimos minutos, Andrew Lincoln e Danai Gurira entraram no palco! Por questões de estratégia, os filmes de Rick Grimes foram substituídos por seis episódios de 1 hora cada, que vão completar a história de Rick e Michonne. Vamos aguardar ansiosamente por esse final!

O HEA ainda teve a oportunidade de participar das coletivas de imprensa de TWD e Tales of the Walking Dead na SDCC. Em breve, você confere as entrevistas completas com esses elencos incríveis por aqui!

 

Raquel Gonçalves Zambon:
É jornalista de Entretenimento e especialista em Comunicação Interna. Divide seu tempo livre entre o vício incurável por filmes, televisão, livros e as gatas Mia e Mel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *