Encontros com Misha Collins na Comic Con Experience 2015

Por: Jess Lopes

Sempre fui muito fã de “Supernatural”, mesmo quando a série teve “aquela” caída na qualidade, eu segui em frente como uma boa “hunter”.

Quando soube que o Misha estaria na Comic Con, pulei de alegria e quando soube que ele estaria naquela sexta-feira (dia disponibilizado para imprensa), surtei de vez!

Nunca imaginei vê-lo de perto, saber que ele estaria ali e ver nem que fosse de longe já me faria muito feliz.

Mas como a maioria sabe, o cast de “Supernatural” é incrível e sempre prezou muito pelos fãs, então não foi surpresa para mim, ver o cara sair da sua “salinha de autógrafos” para fazer a alegria dos fãs!

Sim! Vi o Misha de perto, muitoooooooo perto! Não sabia se gritava, se chorava, se pulava, eu simplesmente fiquei sem reação, literalmente em “estado de múmia” kkkk

Foi incrível, sem dúvida me apaixonei ainda mais pelo cara, que mesmo estando doente (fiquei sabendo que ele estava com uma mega dor nas costas), não perdeu sua simpatia e atendeu a todos os fãs com a mesma presteza de sempre! Como não amar?

Segue o video deste momento:

Bjs da Jess!

bio_jessica_lopes_2015

Mais emoção na CCPX

Por: Ericles Artur

Sexta-feira, 4 de dezembro. Viajei de Santa Catarina pra São Paulo logo de manhã e cheguei na CCXP pouco antes do meio-dia. Retirei minha credencial e entrei. Me senti num mundo totalmente diferente, num espaço que parecia ter sido criado só pra mim.

Na sexta, o Misha tinha fotos pra tirar com alguns fãs, mas eu não fazia a mínima ideia do que eu conseguiria. Fui com dois amigos, fomos em três. Um dos meus amigos comprou a foto pra sexta, que era o dia em que tinha menos hunters na CCXP, já que ele anunciou estar lá muito perto da data e poucos compraram atividades com ele para esse dia. Meu amigo comprou e foi praticamente direto pra fila, entre as grades do espaço reservado para as sessões de fotos. Eu me separei dele e continuei visitando os stands, e por bobeira decidi ir até a grade da sessão de fotos. Fui de bobeira, estava muito ansioso pra vê-lo somente no painel pois achei que ele não faria o que acabou fazendo. Quando ele chegou todos os hunters que estavam ali esperando ele gritaram loucamente. Tinha criança, adolescente, mães, adultos.. Todos gritaram. E ele foi louco de ir até a primeira grade, deve ter tirado foto com um ou dois hunters, não consegui ver direito pois estava mais pra frente. Então ele voltou pra sala e começou as fotos, e só saiu de lá quando tirou todas as fotos vendidas pra aquele dia. Meu amigo já havia tirado a foto com ele e já estava na grade comigo, e quando ele saiu da sala ele veio direto para as grades e não ficou somente na primeira como anteriormente, ele continuou andando e deixando os fãs tocarem nele. A Julie (gerente/assessora dele) foi na frente pedindo pro pessoal manter a calma pois tinham muitos gritos e todos queriam abraçar ele, tentando puxar (com cuidado, em nenhum momento vi um fã ser abusado naquele dia) e tirar fotos… Eu estava com os pés em cima da base da grade, então eu estava mais alto que os outros hunters por que cheguei cedo ali na grade e tinha espaço pra eu me arrumar como acharia melhor.

 

misha_collins1

 

Quando ele veio em direção às grades da frente, eu coloquei o celular pra filmar e quando ele passou pela minha grade ele parou em mim e sorriu pro celular, coloquei meu braço por trás dele e continuei filmando, tentando não tremer. Tinha muito flash de câmeras então ele piscava a todo tempo e franzia a testa com uma feição de muito cansaço naquele dia. Houve até boatos de que ele passou mal por causa do calor. Mas quando ele passou por mim, foi surreal, pois naquele momento ele havia parado em pouquíssimas pessoas. Duas ou no máximo três. E ele parou em mim. Foi inacreditável. Quando ele saiu do meu lado e continuou andando eu cai da grade pra trás em cima das bolsas e não conseguia acreditar. Sem perceber eu nem tinha parado de filmar e acabei filmando toda a minha reação sem querer. Eu chorava, chorava muito. Só quem me conhece sabe o quanto eu esperei por isso, e ainda um VÍDEO COM ELE, mesmo sendo de 02 segundos? Ele então saiu das grades e voltou pros bastidores da CCXP.

Saí dali com meus amigos e fui pro stand da Netflix, e estava chorando muito ainda hahah. Sentei do lado de uma mulher que me olhava com uma expressão tipo “Meu Deus o que ta acontecendo?” e eu continuava chorando e olhando pros prints que tinha tirado do vídeo. Como se já não bastasse, quando eu postei a foto, recebi um monte de mensagens, centenas de mensagens dizendo que eu merecia isso e que estavam feliz por mim.. Eu não parava de chorar haha isso era por volta das 16h45 e estávamos muito cansados de andar dentro da CCXP já.

misha_collins2

Mais tarde fomos embora e no sábado assistimos o primeiro painel do Misha, no principal auditório. Chegamos lá muito cedo de madrugada e garantimos a primeira fileira do auditório. Fiquei muito perto do Misha de novo, mas não sabia o que aconteceria comigo. De novo. Houve um momento no painel em que uma fã pediu pra entregar um presente pro Misha e eles liberaram, ela seguiu rumo ao palco e eu fui atrás, por que achei que seria a oportunidade mais correta que eu teria durante o painel que estava sendo bem eufórico. O Misha ficou com o presente da menina, agradeceu ela e seguiu a sua cadeira novamente, mas eu chamei ele e ele voltou em mim na frente do palco. Eu tinha levado uma bandeira com mais de 400 usernames dos hunters brasileiros escritos nela, havia muita coisa escrita, muita mesmo, e era como uma capa, para colocar os braços e vestir a bandeira. Naquela oportundiade eu dei a bandeira pra ele, ele a estendeu na sua frente e não viu que era como uma capa pra se vestir. Ele olhou pra mim, sorriu, e eu disse, “put yours…” apontando pros espaços pra colocar o braço, e ele já disse “it’s like a cape?” e eu disse “yeah”, então ele vestiu a bandeira e ficou com ela até o fim do painel. 90% das fotos de sábado do Misha na CCXP são dele com a bandeira que eu entreguei, e uma delas é ele abraçando uma fã com a bandeira vestida e nessa foto aparece na bandeira “from @EriclesArtur” nitidamente.

misha_collins3

O painel acabou e eu estava eufórico de novo. Misha fez mais um dia meu. Eu parti pra fila das fotos e autógrafos. Peguei autógrafo primeiro. Quando chegou na minha vez eu dei uma imagem de SPN pra ele autografar e eu disse “I I gave the Brazilian cape for you in the panel” e ele parou de assinar e olhou pra mim e disse “It’s was very cool!” com uma expressão dizendo “FOI MUITO FODA!” e eu respondi ele dizendo que era o SpnTentation do Twitter. Ele voltou a assinar e perguntou o que eu tinha falado porque ele não tinha entendi e eu repeti e ele falou tipo “oh yeas”. Eu abri os braços pra ele e ele abriu os braços dele pra mim e eu consegui dar um abraço nele. Fui muito educado, modesta parte, pois na sexta o painel havia sido muito eufórico, com muitos gritos, invasões no palco e etc. Mais tarde eu tirei a foto, e ele foi super gentil de novo. Eu entrei na salinha e disse “hi Misha” e ele sorriu com sorrisos de orelha a orelha dizendo “hi”, eu tirei minha foto, disse “thanks” e saí. No domingo chegamos cedo pro painel mas ficamos mais atrás das primeiras fileiras. O painel foi perfeito. Foi todo feito de perguntas dos fãs. As pessoas foram selecionadas aleatóriamente pra perguntar, e o painel foi muito bem organizado. Misha foi a melhor pessoa com quem eu já estive no mesmo lugar. Ele é incrível. As fãs se emocionaram muito e Misha brincou muito com todos. Foi super querido, engraçado e atencioso. Um fã pediu pra ele cantar Carry On Wayward Son e ele disse que cantaríamos todos juntos no fim do painel. Chegando no fim, ele falou que chegaria a hora e nós cantamos todos juntos o tema da série Supernatural. Ele saiu do palco e foi pra frente da galera pra filmar tudo e mandar pra banda Kansas, como ele disse. Foi maravilhoso. Depois do painel ele seguiu pra sessão de fotos e autógrafos e ficou até todos serem atendidos. Os ingressos estavam todos esgotados mas ele abriu chance pros fãs e todos puderam comprar fotos e autógrafos. Ele ficou lá até umas 17 horas, e depois disso foi embora.

misha_collins4

Fui pro aeroporto chorando em lembrar de tudo que aconteceu, foi tudo surreal, foi insano, eu nunca imaginava que isso tudo aconteceria. Fora que, mesmo com todo o calor e filas, a vibe presente na CCXP é simplesmente perfeita. É incrível estar lá, nem que for sentado no chão ou em um banquinho vendo algo. Misha fez a Comic Con Experience delirar, várias e várias vezes. No domingo havia muitos hunters lá e só se ouvia os gritos dos hunters vendo o Misha. Cheguei em casa chorando de novo, com a conclusão de que foi o melhor final de semana da minha. Sem exageros. Misha foi incrível. Foi a melhor pessoa dentre todas as que eu conheço. Só quero que volte.

Éricles Artur

Um comentário sobre “Encontros com Misha Collins na Comic Con Experience 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *