Um giro na Comic Con Experience 2015

Nossa repórter Isa Grocelli esteve na CCXP 2015 em São Paulo, representando o Hollywood é Aqui em um dos eventos mais importantes para os fãs de entretenimento no Brasil. Ela conta tudo que rolou por lá pra gente. Imperdível:

ccxp1

Por: Isa Grocelli

1º Dia

Chega dezembro, chega o motivo de festa de nerds em todo o país: Comic Con Experience está aí! O evento, que esse ano aconteceu entre os dias 3 e 6, uniu 120 mil fãs que puderam conhecer os ídolos, ver novidades dos estúdios e poder passar um tempo com pessoas com os mesmos gostos.

No primeiro dia do evento foi possível ver de perto desde o mestre das pegadinhas Ivo Holanda, que se consagrou no SBT com mais de 30 anos de uma profissão única, até Evangeline Lilly, que veio ao Brasil lançar seu livro infantil “Os Molambolengos”. Os fãs também tiveram a oportunidade de ver em primeira mão imagens exclusivas de filmes que serão lançados em 2016 pela Sony Pictures, como “A 5a Onda”, “Orgulho, Preconceito e Zumbis” e “Angry Birds: O filme”.

A convenção também recebeu Chris Taylor, autor de “Como Star Wars conquistou o universo”, que contou detalhes sobre os bastidores da franquia que marcou uma geração, como o fato da princesa Grace Kelly ter dado um voto silencioso para a produção dos longas que se tornaram quase que uma religião.

ccxp5

A equipe do Social Comics também aproveitou a oportunidade para divulgar seu site, que é basicamente um Netflix dos quadrinhos: pagando um valor mensal de R$ 19,90, você tem acesso a mais de 1,5 mil títulos nacionais e internacionais! Lá eles divulgaram a parceria com editoras como Aleph, Nimo e a americana Dark Horse, além de ninguém menos que Maurício de Sousa e as graphics MSP.

ccxp4

2º Dia

Um pouco caótico, o segundo dia da CCXP trouxe confusão e frustração aos fãs que desejavam ver painéis como o de Frank Miller e o da Netflix. Com um auditório para mais de 2 mil pessoas, os fãs lotaram cedo o ambiente aguardando os ídolos e a fila do lado de fora chegava a espantar os corajosos que se arriscariam.

No segundo dia da Comic Con Experience, foi possível ver de perto o inglês John Rhys­ Davies, que se marcou no universo nerd com participações em filmes como “Indiana Jones” e “Senhor dos Anéis”. Ele também participou de uma sessão de autógrafos e esbanjou simpatia para todos que puderam conhecê-­lo.

ccxp3

Gerard Way também animou muita gente ao falar do seu trabalho em Umbrella Academy, HQ lançada com Gabriel Bá. Mas infelizmente não teve refrão de Helena, já que o cantor preferiu não dar uma palhinha e se focar na carreira como roteirista na convenção.

Responsável por abalar muitos corações, a Fox também preparou surpresas para os fãs que ficaram horas na fila! Com um trailer exclusivo de Deadpool e imagens de X­Men Apocalypse, o painel agradou todos que participaram. Durante a hora reservada para o estúdio, também foram mostradas novidades de “O Regresso”, novo longa­metragem de Alejandro González Iñárritu, que promete ser uma das surpresas de 2016.

ccxp7

Mas era impossível não notar a decepção dos fãs que não conseguiram entrar no painel da Netflix ­ ou até mesmo dos que entraram. Após cerca de 15 minutos de painel com Kristen Ritter e o doutor David Tennant, de “Jessica Jones”, o painel foi encerrado. Em seguida os atores de ‘Sense8’, Aml Ameen, Jamie Clayton e Alfonso Herrera discutiram a série, dançaram e alegraram os fãs durante o painel, que também encerrou antes do prometido.

Sábado

O sábado na Comic Con Experience foi feito para ninguém botar defeito! Com diversos painéis da Disney, que mostraram conteúdos de “Star Wars” e “Capitão América: Guerra Civil”, também foi possível ver a pré-estreia de “O bom dinossauro”, além de parte da outra animação do estúdio, “Zootopia”.

Apesar de não terem exibido imagens exclusivas de Star Wars – por sinal, falta pouco para a estreia do sétimo filme! Quem mais estamos animados e vamos assistir a pré-estreia às 00h? – era possível sentir a energia dos milhares de fãs de uma das sagas mais aclamadas de todos os tempos.

ccxp2

Após os painéis da Disney, a Globo também fez uma aparição que deixou muitos – incluindo eu – arrepiados. Antes do início do painel sobre a TV Pirata, o público fez um minuto de barulho em homenagem à Marília Pêra, que havia falecido no mesmo dia. Um dos momentos mais bonitos que já presenciei nas duas Comic Con, a energia naquele momento era e foi quase impossível não se emocionar com aquele simples, porém marcante, gesto.

Relembrando personagens como Barbosa e Mambo, os fãs mais velhos – e os mais novos, que eles conquistaram durante os 50 minutos que ocuparam o auditório – puderam se divertir e aprender um pouco mais sobre a visão dos comediantes sobre os dias atuais. Não esperava muito desse painel, mas ele me marcou de uma maneira muito positiva e agora já estou guardando o dinheiro para comprar o meu box da TV Pirata e aprender um pouco mais sobre esse marco da TV brasileira.

Domingo

Nem acredito que esse é o último texto da CCXP! Meu Deus, passou tudo tão rápido que você pensa “Mas agora é só ano que vem? Nãããããããão”. Caso vocês estejam vivendo debaixo de uma pedra, não ficaram sabendo do rolo com o Pânico na TV! Após fazerem uma matéria desrespeitando os cosplayers e os visitantes do evento, eles foram banidos para sempre de voltarem ao local. O que vocês acharam? Viram a matéria? Não esqueçam de comentar!

ccxp6

Mas voltando: neste domingo ocorreu o segundo painel de Misha Collins, que ganhou os mais altos elogios dos fãs – e dos que eram apresentados ao ator pela primeira vez. Muito simpático e disposto, ele brincou muito com o público, usou uma bandeira do Brasil e fez valer o esforço de quem passou a noite em filas para ter um momento com o cara.

Além disso, a Warner dominou o dia com um painel de “Batman vs Superman” (o que vocês acharam do novo trailer, por sinal? Eu adorei, mas aqueles vilões… sei não, hein?) e a pré-estreia de “Creed” – que ganhou elogios dos que puderam assistir… eu não consegui entrar :(. Frank Miller voltou à CCXP para falar de “O Cavaleiro das Trevas III” e, para encerrar a convenção, Adam Sandler, Taylor Lautner, Terry Crews e Jorge Garcia contaram um pouco sobre “The Ridiculous 6”, novo longa-metragem do Netflix. Não era difícil imaginar que Terry era o favorito do público e chegou à tirar a camisa, dançar e cantar, para o delírio de todos.

Agora eu quero saber de vocês: quem foi na CCXP desse ano? E a do ano passado? Qual preferem? Qual foi o melhor painel?
Eu sei, muitas perguntas! Mas quero saber a opinião de todos para podermos conversar sobre a convenção que já alegra os corações dos nerds do país inteiro!

bio_groselha1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *