Melanie Griffith brilha no teatro como Mrs. Robinson

“A Primeira Noite de um Homem” (“The Graduate”) é um filme clássico de 1967, baseado no livro de mesmo nome, que foi indicado ao Oscar em diversas categorias e lançou a carreira do ator Dustin Hoffman.

Eu assisti ainda na adolescência e revi alguns vezes ao longo da caminhada. A trilha sonora é marcante e ganhou vários prêmios na época, mas o que sempre me atraiu na historia foi o roteiro, muito a frente de seu tempo:

“O filme mostra a trajetória de Benjamim que acaba de se formar na universidade e, ao voltar para casa nas férias, é seduzido pela Sra. Robinson, uma atraente mulher de meia-idade, amiga casada de seus pais. O romance de verão se estende até que Ben se apaixona pela bela filha da amante.”

Os fãs da trilogia “Cinquenta Tons de Cinza” ouviram falar de Mrs. Robinson, que inspirou o personagem de Elena Lincoln, amiga de meia idade dos pais de Christian Grey que apresentou o mundo “BDSM” para ele ainda aos 16 anos e foi sua “dominante” durante 6.

Quando Christian conhece Ana Steele e abre o coração sobre seu passado, ele conta pra ela sobre seu relacionamento com Elena. Ana, fã dos livros, imediatamente começa a chamá -la de Mrs. Robinson.

Coincidências à parte, quem está  interpretando a própria Mrs. Robinson, numa nova montagem teatral de “The Graduate”, é a minha diva Melanie Griffith, mãe de Dakota Johnson que deu vida à Anastasia na trilogia “Cinquenta Tons” no cinema.

Melanie foi indicada ao Oscar por sua atuação em “Uma Secretária de Futuro”, um filme que abordava a independência da mulher ainda nos anos 80. A atriz ficou conhecida por fazer papéis de mulheres marcantes que revolucionaram seu tempo, caminho que Dakota também seguiu.

Por isso, não é surpresa que ela volte aos palcos como essa mulher sensual que seduz o filho jovem de um casal de amigos próximos. Melanie está  fantástica no papel, assim como todos os seus companheiros de elenco.

O espetáculo está em cartaz no teatro na cidade de Laguna Beach, que fica a aproximadamente uma hora de Los Angeles de carro. Eu, recém chegada do festival South by Southwest, no Texas, estava morta de cansaço, mas ainda assim enfrentei com a amiga Mari Knabben, o trânsito e fui prestigiar uma das minhas atrizes favoritas, que marcou a minha juventude e ainda nos deu de presente Dakota, que também esta deixando a sua marca na historia do entretenimento.

A montagem está espetacular, dinâmica, e faz jus à trilha sonora do filme. O espetáculo fica em cartaz até  dia 25 de março, então se você estiver na região, não deixe de conferir. Valeu cada segundo ter ido a Laguna Beach ver Melanie brilhar no palco e ainda tomar um drink em homenagem à Mrs. Robinson.

Mas, se você não puder assistir Melanie ao vivo, eu encorajo a ver o filme, pois a história é incrível. Divertida, dramática, realista, inteligente, embalada por músicas que entraram para a história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *