O hino que é a segunda temporada de “Sex Education”

A trilha sonora da segunda temporada de “Sex Education” é tão boa quanto o roteiro, as atuações, a fotografia e absolutamente tudo que envolve esse projeto, que é o melhor seriado adolescente que assisti até hoje.

Sim, vi e sou fã de todos, “Barrados no Baile”, “Dawson’s Creek”, “The OC”, “One Tree Hill”, e muitos outros produzidos nos EUA. Eu amo todos. Mas, verdade seja dita, a produção britânica deu uma lavada em Hollywood.

Culturalmente, os britânicos são muito mais diretos que os estadunidenses, daí a série ser tão autêntica, e tratar os adolescentes como adolescentes, mal-humorados, divertidos, inseguros e transformadores.

O que mais me encanta em “Sex Education” é o fato dos roteiristas tratarem de assuntos como abuso sexual de uma forma séria e, ao mesmo tempo, humana. Em alguns momentos de dor até temos humor.

Nenhum dos personagens é perfeito, não há heróis, apenas pessoas, algumas no processo do amadurecimento, outras adultas, que estão tentando se reinventar e se encontrar. Os atores estão brilhantes. Diferente de qualquer série adolescente que eu já assisti até hoje, os personagens comentem erros, se arrependem. São gente como a gente!

Na minha singela opinião, o episódio mais fascinante da segunda temporada envolve as amigas Maeve (Emma Mackey) e Aimee Lou Wood (Aimee). Mas também adoro a trajetória de Otis e Eric, assim como a de Lily e Ola (que, por sinal, arrasou). Quando eu comecei a escrever essa coluna, eu tinha a intenção de dar spoilers para fazer “mais sentido”. Mas todo o sentindo que “Sex Education” faz não está no óbvio, mas no que vem por trás de cada mensagem, cada diálogo, cada lágrima e cada sorriso entre os personagens e aqueles que você dá quando assiste.

A trilha sonora da série toca, enquanto eu escrevo esse post, e cada episódio dessa série marcou a minha vida por representar tão bem a história de pessoas que eu conheci, histórias que eu vivi, sem filtro. Com dilemas, por vezes superficiais, mas sempre humanas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *