Pé na Estrada: Pequenas cidades mantêm a Rota 66 como motor de suas economias

Na última parte da Rota 66, a gente chega no deserto e atravessa o Arizona, o maior estado de todo o percurso.

 

 

Muitas cidadezinhas mantêm seus pontos turísticos intactos, e sua economia ativa, graças a essa estrada, que foi um marco na expansão dos EUA nos anos 40 e 50, e continua sendo um ponto turístico marcante do país.

 

 

Pra quem cresceu no Brasil, longe do sertão como eu, ou quem mora na costa leste e no sul dos EUA, o mais marcante desse trecho é a paisagem.

Depois de atravessar as plantações de Illinois, passar pelo rio Mississipi e pelos lagos do Missouri, admirar as montanhas de Oklahoma e os campos do Kansas e do Texas, chegamos na região árida do New Mexico e Arizona. A mudança radical no visual só fica ainda mais fascinante quando avistamos o oceano Pacífico, ao chegarmos no nosso destino, em Santa Monica, Califórnia.

 

 

Uma experiência única na vida de uma brasileira que se mudou para a terra estrangeira há 13 anos, disposta a explorar o país que decidiu viver.

Vamos publicar uma série com muitas dicas dessa viagem em breve. Esperamos inspirar e colaborar com vocês que também têm o sonho de conhecer mais a fundo a “terra do Tio Sam”, numa road trip que é um aprendizado sobre a cultura e a história desse país.

Aguardem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *