Selena Gomez dá show de profissionalismo em painel no evento Deadline Contenders

Reencontrar a doce diva Selena Gomez foi um dos meus melhores momentos no evento Deadline Contenders, no início de abril, nos estúdios da Paramount, em Los Angeles.

Sempre muito simpática, Selena estava lá para promover a série “Only Murder in the Building”, que protagoniza ao lado dos ícones da comédia Steve Martin e Martin Shot.

“Only Murders in the Building” conta a história de três estranhos que compartilham uma obsessão pelo gênero true crime e que, de repente, se veem envolvidos em um crime na vida real. Quando uma morte horrível ocorre dentro de seu exclusivo prédio de apartamentos no Upper West Side, o trio – formado por Mabel (Selena Gomez), Charles (Steve Martin) e Oliver (Martin Short) – começa a suspeitar de assassinato e usa seu conhecimento de true crime para investigar o caso. Mas não demora para que o trio perceba que um assassino pode estar vivendo entre eles e que, portanto, estão em perigo. Agora, eles vão ter de correr para decifrar as pistas e descobrir a verdade – antes que seja tarde demais.

Steve e Martin contaram no painel que depois de conversarem com a Selena numa video call já tinham certeza que ela era a atriz certa para o papel: “ela desligou e eu e Martin falamos ao mesmo tempo, Selena é a Mabel. Foi uma escolha fácil e unânime”, disse Steve. “Sorte nossa ter ela para nós aturar”, complementou Martin.

Selena afirmou que é uma honra ter a oportunidade de participar dessa comédia policial, “esse projeto é diferente de tudo que já fiz na minha carreira. Ao mesmo tempo que é um desafio, foi divertido, imagina trabalhar e aprender com esses dois ícones. Foi um sonho realizado”.

 

 

A segunda temporada da série estreia dia 28 de junho nos EUA. Não só o público, como os atores estão muito ansiosos. “O set é animado pelos jovens”, falou Steve Martin, que além de atuar, é co-criador do seriado.

O painel de “Only Murder in the Building” encerrou o nosso sábado no Deadline Contenders. Naquele dia, Selena foi a única participante a parar para tirar fotos e dar autógrafos aos fãs. Carinhosa como sempre, ela só saiu do palco por insistência dos seguranças.

Meu grande ano “selenator” foi 2013, quando estive no show intimista de Selena, voz e violão, na extinta “House of Blues”, em LA. A atenção que ela deu para os fãs me marcou desde aquela época. Compartilho a matéria que escrevi há 9 anos atrás. Naquele ano também, vi Selena na estreia do seu filme “Getaway” e também dividi o momento no Hollywood é Aqui.

Ao longo de quase 10 anos, acompanhei a carreira de Selena, que além de cantora e atriz se transformou numa grande produtora em Hollywood. Eu a vi em alguns eventos, mas nada tão próximo quando o Contenders. Que ela tem talento todo mundo sabe, mas o que realmente me emocionou foi ver que, depois de uma década, ela continua com o olhar humilde e os pés do chão. O sucesso realmente não subiu à cabeça e isso sim é ser uma estrela de verdade.

https://www.hollywoodeaqui.com/na-playlist-do-heala-selena-gomez-mais-um-anjo-em-la/

Nossa foto juntas ainda não saiu mas, espero ter a oportunidade de dizer a ela o quanto me orgulha vê-la brilhar com tanta classe, dedicação, profissionalismo e humildade. Características raras na indústria do entretenimento, especialmente para uma pessoa que, como ela, cresceu nesse meio que pode ser tóxico, mas para Selena foi e é um palco onde ela compartilha o que tem de melhor, seu talento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *