Susan Sarandon e Ryan Murphy em bate-papo sobre a série Feud em LA

Por: Claudia Ciuffo

Uma das maiores vantagens de ser membro da Television Academy, fundação responsável pelo Emmy Awards, o Oscar da TV, são os eventos promovidos pelas emissoras de televisão aberta e a cabo em homenagem as suas séries que estão na corrida pela estatueta.

Nessa última semana tive a honra de rever meu episódio favorito do brilhante seriado “Feud: Bette and Joan”, transmitido pelo canal FX nos EUA. Após a exibição, fomos presenteados com um bate-papo com o criador e produtor Ryan Murphy, a protagonista Susan Sarandon, além da figurinista e da production designer, todos indicados ao Emmy.

A série conta a história da lendária rivalidade entre as divas de Hollywood, Joan Crawford (Jessica Lange) e Bette Davis (Susan Sarandon). Desavenças à parte, as duas resolveram se unir em 1962 para estrelar em um filme, que mais tarde seria aclamado pelas críticas, e renderia uma indicação ao Oscar a Bette Davis. Este episódio marca o fim derradeiro da relação entre as duas estrelas, que depois disso nunca mais se falaram.

A ideia do seriado nasceu de Ryan Murphy, fã de carteirinha dos tempos de gloria de Hollywood, que confessou no nosso encontro que quando entrevistou Bette Davis nos tempos que trabalhava ainda como jornalista em LA, ficou ainda mais fascinado pelo seu ídolo e desde então sonhava em um dia escrever um roteiro sobre a conturbada e interessante trajetória de sua diva. E sempre teve em mente que as intérpretes dessas duas lendas do passado, seriam as duas lendas do presente: Susan Sarandon e Jessica Lange. Mas como ele mesmo contou, não foi fácil convencer Susan, pois ela tinha receio que não conseguisse interpretar Bette Davis como ela merecia, apesar de nós, fãs de Susan sabermos que ela ia tirar de letra, e arrasou tanto que agora é uma das atrizes indicadas ao Emmy, assim como sua companheira de cena, Jessica Lange.

Jess não compareceu ao evento pois seu ex-marido, Sam Shepard, tinha falecido poucos dias antes, mas mandou um email carinhoso lido por Susan, agradecendo aos fãs e a Ryan pela oportunidade de interpretar uma personalidade especial e controversa como Joan Crawford.

 

 

Já estive com Susan Sarandon, de quem eu sou fã de carteirinha antes, mas é sempre um prazer encontrá-la, especialmente pelo seu senso de humor e a leveza com que ela trata Hollywood. Diferente de Bette, a personagem que interpreta, Susan não leva tão a sério a indústria do entretenimento, mas a arte de fazer cinema. Mora em Nova York, longe das holofotes de LA e vive a rotina com os pés no chão e sapato baixo, como ela mesma fala, maquiagem e salto alto, só pros eventos de trabalho ou pra fazer jus às personagens que dá vida.

Divertida, alto astral, a ativista Susan Sarandon disse que as mulheres nunca estiveram tão unidas para lutarem pelo seu espaço na competitiva indústria do entretenimento e que estão encabeçando projetos incríveis como produtoras e diretoras e que ela mesma tem amigas atrizes de várias idades diferentes com quem, ao contrário de Joan e Bette, tem um relacionamento pra lá de saudável.

E antes de encerrar o evento, Ryan Murphy confirmou que a segunda temporada de “Feud” será sobre a relação complicada da Princesa Diana e do Principe Charles, e o mesmo elenco, incluindo Susan e Jessica, estará de volta à telinha.

O evento já teria sido maravilhoso se tivesse terminado com a declaração de Ryan, mas para fechar com chave de ouro a noite, fomos agraciados com um delicioso jantar, open bar e brindes. Realmente foi uma daquelas noites que só acontecem mesmo em Los Angeles, na badalada temporada de premiações da TV. Um dos vários bônus da vida na Cidade dos Anjos.

Assista o trailer legendado:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *