Toronto International Film Festival

Por: Claudia Ciuffo

Desde que mudei para os EUA eu sonhava em ir ao Toronto International Film Festival, mais conhecido como TIFF. Acontece anualmente no mês de setembro na bela cidade de Toronto, no Canadá. Esperei 8 anos, mas finalmente tive a oportunidade de conferir o maior festival de cinema do mundo, que hoje é considerado o pontapé inicial para a temporada de premiações que se encerra na noite do Oscar. Basicamente, se um cineasta ou produtor sonhar em ver seu filme indicado a estatueta de ouro, faz por bem inscrevê-lo no festival, se for selecionado, especialmente, para as noites de Gala, suas chances de concorrer aos prêmios aumentam consideravelmente.

Mas, o TIFF não é só importante para badalar os projetos hollywoodianos, para os produtores europeus, latinos, asiáticos, australianos, e, mesmo os independentes norte-americanos, o festival é um veículo para encontrar os distribuidores para os seus filmes, possibilitando assim que eles sejam vendidos e comercializados pelo mundo afora. Fiquei super feliz quando visitei o estand do Brasil por lá, onde estávamos muito bem representados!

O festival é um programão! Se você não trabalha diretamente no entretenimento, pode comprar os ingressos individualmente. Os preços variam de acordo com o dia da semana, o horário da sessão, se é uma noite de Gala ou um evento especial. Eles são vendidos no site, por telefone ou pessoalmente em uma das bilheterias dos diversos cinemas no centro da cidade que fazem parte do circuito do festival.

Lembrando que vários atores, atrizes, produtores e diretores vão prestigiar a estreia de seus filmes em Toronto, sendo que muitos deles ainda participam de um bate-papo com o público após a sessão do filme, o que torna o festival ainda mais glamouroso e especial, pois os fãs de várias partes do mundo têm a chance de encontrar os seus ídolos ao vivo e a cores.

 

 

Se você é um profissional do entretenimento, é mais indicado investir em algum dos vários passes oferecidos pela organização do festival. Eu fui com o Industry Pass, que além de permitir o acesso a sessões especiais, ainda dá direito a participarmos de workshops e eventos exclusivos para networking. O que para mim valeu super a pena tanto profissionalmente, como pessoalmente, afinal não só trabalho com isso como sou fã de carteirinha das produções cinematográficas, como digo sempre se eu pudesse eu morava dentro de um cinema.

E pra falar a verdade foi mais ou menos o que aconteceu em Toronto, onde assisti 10 filmes em 3 dias. Foi uma correria de um cinema para outro, pois o maior desafio de um festival como este é você conseguir assistir a maior parte dos filmes que você gostaria, pois a seleção e tão boa que temos vontade de ver tudo, o que é humanamente impossível, por conta do horário e da locomoção (apesar da maioria dos cinemas serem próximos, tem sempre 10 minutos de deslocamento, isso sem contar com as filas, mesmo com o passe de imprensa e da indústria, as filas são inevitáveis, o que é comum nos festivais. O bom é que todo mundo que está ali é viciado na sétima arte, e o bate-papo que rola é sempre divertido).

Mas cada segundo no TIFF valeu a pena, com todo o cansaço é realmente um programa imperdível pra os cinéfilos.

Já compartilhei as minhas impressões sobre alguns dos espetáculares filmes que assisti quando realizei meu sonho de ir pela primeira vez ao TIFF, que por sinal superou todas as minhas expectativas e a partir de agora está na minha agenda anual. E se vocé é viciado em cinema como eu e um dia se deparar com a oportunidade de ir ao Toronto International Film Festival, vá correndo e me avise pra gente pegar um cineminha juntos por lá:

Cá estão as matérias sobre alguns dos filmes que assisti no TIFF:

“MÃE!”, com nossa musa Jennifer Lawrence e “Batalha dos Sexos”, com a diva Emma Stone

https://www.hollywoodeaqui.com/estrelas/emma-stone-e-jennifer-lawrence-brilham-no-festival-internacional-de-cinema-em-toronto/

“First They Killed My Father”, de Angelina Jolie e “O Que Te Faz Mais Forte”, com nossa querida Tatiana Maslany

https://www.hollywoodeaqui.com/estrelas/terrorismo-e-guerra-sao-destaque-no-festival-internacional-de-cinema-de-toronto/

“Pequena Grande Vida”, com Matt Damon e “Depois Daquela Montanha”, com a bela Kate Wislet

https://www.hollywoodeaqui.com/estrelas/hollywood-aposta-em-diversidade-nas-telonas/

Fiquem ligados que em breve vem mais dicas de cinema pra vocês!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *