Coreia é Aqui: Confira quem faz parte da equipe – Parte 2

Olá todo mundo, essa é a segunda, e última (aaahhh), parte das preferências dessas pessoinhas maravilhosas da nossa equipe, e também um pedaço da história de amor pelo K-world. Aqui nossas Tannies Girls (muito fãs ‘dos Bts’):

Débora Xavier

@ItsMeDeby_ – Twitter / @deboraxdsa – Instagram

Dorama preferido: City Hunter
Ator preferido: Lee Minho
Grupo preferido: SHINee e BTS
Música preferida: SHINee: Selene 6.23 e BTS: Love is Not Over
Palavra preferida: 하루만 (Apenas um Dia)
Programa de TV preferido: The Return of Superman
Comida preferida: 떡볶이 (Uma massa de arroz refogada com pimenta)
Eu + Coreia: Minha história com a Coreia do Sul veio através dos dramas e jogos online. Conforme o tempo foi passando, devido à abertura de um drama conheci o SHINee, fui me interessando mais, descobrindo cada dia um grupo. Lembro que, nos auge de 2008, estourou SNSD (Girls Generation), por conta das calças coloridas e visual diferente em seus MV’s, de lá para cá não larguei mais. Até que, em 2013, BTS debutou; lembro que no começo fiquei intrigada e achei a proposta boa, mas só fui me encantar mesmo de 2014 em diante e, após o primeiro show que compareci em São Paulo, de lá para cá só fui me aprofundando mais, e cá estamos.

Débora na escadinha dos Bt21… Mercadinho coreano. Vamos?!

Ana Beatriz

@aiubis – TikTok / @anafugisawa – Instagram
Dorama preferido: Weightlifting Fairy Kim Bok Joo
Ator preferido: Nam Joo-hyuk, Park SeoJoon, Kim Taehyung
Grupo preferido: BTS
Música preferida: 2! 3!
Palavra preferida: 보라해
Programa de TV preferido: Knowing Bros
Comida preferida: frango frito coreano (닭 튀김)
Eu + Coreia : Antes de me adentrar no Kpop, lá em 2016, eu não tinha nenhum contato nem interesse pela Coreia. Nunca tive amigos ou pessoas próximas a mim que gostassem do universo coreano, tanto que a única coisa que eu sabia que existia era o kpop e, mesmo assim, eu tinha um certo preconceito com esse estilo musical. Até que um dia me deparei com um documentário na Netflix sobre um boygroup (GOT7) e daí surgiu uma curiosidade inocente em escutar as músicas deles, então logo fui pesquisar no Youtube. Nessa de ir vendo os clipes, eu me esbarro em Blood Sweat and Tears do BTS e, a partir daí, minha vida nunca mais foi a mesma (literalmente). Não somente me apaixonei perdidamente e me vi fascinada pelo BTS, em várias instâncias, como também, por causa deles, meu interesse expandiu barreiras e me vi obcecada pela música, moda, cultura e costumes da Coreia a ponto de influenciar meu dia a dia. Vi mudanças no meu guarda-roupa, no meu estilo de música, nos meus interesses pessoais, no meu padrão de beleza e nos meus hobbies. O BTS foi minha porta de entrada para conhecer esse país maravilhoso e com tanta riqueza para compartilhar com o mundo – e, mesmo após 6 anos, continuo sentindo que conheço tão pouco. A Coreia é gigante, e espero que isso se torne verdade para vocês que lerão as postagens nesse nosso cantinho especial e, talvez, possamos conquistá-los um pouquinho ao mostrar nosso amor por esse país para vocês.

Ana na lojinha dos Bt21, com o Tata gigante. Vamos também?!

“Eu também! Eu também!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *