Um Recordar é Viver especial: Lançamento de Code 8 com Stephen e Robbie Amell!

Por: Raquel Zambon

Dentre todas as mudanças que o isolamento social do coronavírus está trazendo para as nossas vidas, o cancelamento de eventos que esperamos por meses e as oportunidades perdidas de ficar frente a frente com nossos artistas favoritos trazem um pouquinho de tristeza. Mas, se temos saúde, moradia e alimentação disponível, precisamos mesmo ser gratos… É só uma fase e, quando passar, certamente estaremos mais fortes!

Já que não podemos participar de novos eventos neste momento, decidi dividir um pouquinho de alegria e contar para vocês sobre a minha experiência no lançamento de “Code 8”, o filme de Stephen e Robbie Amell que estreou esta semana no Netflix Brasil.

Em dezembro do ano passado, estive no cinema Laemmle em Los Angeles para assistir a uma pré-estreia do filme com a presença dos nossos primos favoritos. Confira um pouquinho do que vi por lá.

Code 8 impressionou os fãs

Para quem não sabe, o projeto do filme nasceu de uma arrecadação de fundos via Indiegogo em 2016. Depois de consolidar a ideia e desenvolver um short film sobre o tema, os primos Amell solicitaram o apoio dos fãs para a arrecadação de 200 mil dólares. Eles mal esperavam que 27.000 fãs apoiassem o projeto e que “Code 8” terminasse com um budget de 2.4 milhões de dólares!

Foi assim que Stephen e Robbie deram início à produção do filme, que conta a história de um mundo em que 4% da população mundial possui habilidades especiais – o problema é que, ao invés de serem vistos como heróis, estes poderosos humanos são tratados como ameaças. É neste cenário que acompanhamos a história de Connor Reed, um humano com poderes elétricos que está tentando cuidar da mãe doente. Reed acaba se unindo a um traficante com poderes telecinéticos (papel de Stephen Amell) para destruir uma poderosa rede de tráfico antes que ela acabe com eles.

Se você gosta de ação, “Code 8” é o filme ideal: muitas surpresas e reviravoltas cercam o roteiro e trazem um ritmo incrível à produção. A exibição no Laemmle teve gritos de histeria e palmas dos fãs do início ao fim!

Q&A com os Amell

Após a aclamada exibição de “Code 8”, os primos Amell e o diretor Jeff Chan entraram no teatro para responder perguntas dos fãs.


Robbie comentou que um dos grandes desafios da produção foi trabalhar em torno da agenda do Stephen, já que as gravações de Arrow interferiram com o cronograma do filme. Os dois atores confessaram que foi pesado gerenciar todos os aspectos do projeto ao mesmo tempo, mas que estão orgulhosos do resultado e que ficaram muito felizes pela oportunidade de trabalhar juntos.

O apoio dos fãs durante o projeto surpreendeu os Amell, que não esperavam tanto carinho. Stephen falou sobre a importância de “Arrow” em sua carreira e afirmou que, sem a série, sabe que não teria uma plataforma de conexão com os fãs. Entretanto, ele afirma que a fama não mudou em nada sua personalidade: ela só trouxe novas oportunidades.

Para retribuir o carinho dos fãs presentes, os atores fizeram uma brincadeira ao final do Q&A: todos os presentes se levantaram e jogaram heads or tails. Os fãs colocavam as mãos em sua cabeça ou bumbum a cada rodada e, em seguida, Stephen jogava uma moeda para definir uma das duas opções. Quem errava saía do jogo e, ao final, os quatro jogadores restantes ganharam moletons de “Code 8” assinados pela dupla de atores!

O futuro de Code 8

Quem amou o filme já pode comemorar: o novo serviço de streaming Quibi vai desenvolver um spin-off de “Code 8” para sua plataforma! A série de mini episódios (que é o modelo do Quibi) se passará anos após os acontecimentos do filme e ainda não tem previsão para filmagem/lançamento.

Estão são certamente boas notícias para o lado empreendedor da família Amell! E, enquanto aguardamos, dá para rever “Code 8” várias vezes, já que o filme está disponível na plataforma da Netflix Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *