VSD: A diversidade já interfere em premiações como o SAG? Treta no Oscar? Vem ouvir!

Por que o SAG Awards, prêmio promovido pelos Sindicato dos Atores em Hollywood, funciona como um indicativo aos vencedores do Oscar, mas, atualmente, com várias ressalvas?

No episódio de hoje do nosso podcast, “Verdade seja Dita”, a gente responde essa pergunta, comenta a cerimônia que aconteceu em Los Angeles e compartilha a emoção do nosso encontro com Will Smith, que venceu na categoria melhor ator de filme drama, por sua atuação em “King Richards”.

 

 

Veja tudo sobre nosso encontro com Wil Smith:

https://www.hollywoodeaqui.com/king-richard-criando-campeas-will-smith-apresenta-seu-novo-longa-em-los-angeles/

Destacamos a importância do filme CODA, que mostra a trajetória de uma família de surdos, ter levado o prêmio máximo (melhor elenco) e de Troy Kotsur ser o primeiro ator surdo a ganhar na categoria melhor ator coadjuvante. Ariana DeBose também foi a primeira atriz preta, latina, lésbica, a levar a estatueta pra casa. Ambos são os favoritos na corrida do Oscar.

Celebramos a vitória dos coreanos Jung Ho-yeon e Lee Jung-Jae categoria melhor ator e atriz de seriado drama, mostrando que a semente da diversidade foi plantada em Hollywood, embora a gente saiba que tem muito a fazer para essa árvore crescer.

 

Ainda comentamos sobre a campanha que domina a temporada de premiações, a crise na Academia ao anunciar que não vai apresentar a entrega do Oscar ao vivo numa série de categorias, incluindo edição, direção de fotografia, maquiagem/cabelo, entre outras… e muito mais.

Corre pra ouvir e conta pra gente quais são suas apostas para o Oscar!
 

 

Confira a lista completa dos vencedores do SAG Awards:

https://www.uol.com.br/splash/noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *