Indicada ao Emmy, “Pose” ganha celebração em Los Angeles

Desde a sua estreia, a série “Pose” se tornou uma das minhas prediletas. Criada e produzida por Ryan Murphy, o seriado ganhou as manchetes não só pelo seu ótimo roteiro, figurino, produção de arte, trilha sonora e direção, mas, também, por seu elenco e equipe que, além de super talentosos, batem recorde de membros da comunidade LGBTQI, incluindo 6 atrizes transgêneros, o que fez história na televisão.

Este ano, “Pose” foi indicada ao Emmy em 6 categorias, incluindo melhor série dramática e Billy Porter (Pray Tell) como melhor ator drama. Como membro da Television Academy, organização responsável pela premiação, eu tive a honra de ser convidada pela FX Networks e pelo Deadline Hollywood para a festa que celebrou e promoveu a série, que aconteceu na última sexta-feira, no luxuoso Pacific Design Center, em Los Angeles.

Além de recebermos tratamento vip, com bebidas liberadas, aperitivos e um saboroso jantar, tivemos a oportunidade de curtir o som dos anos 80, década em que se passa o seriado, juntamente com o ator Billy Porter e a atrizes MJ Rodriguez, que interpreta Blanca, e Hailie Sahar, Lulu (que também é a fofíssima Jasmin de “Good Trouble” (outro de nossos vícios favoritos).


Foi uma noite especial, onde a diversidade e a orientação sexual de todos os presentes foram festejadas com o respeito que merece. Agora, devo dizer que o auge do evento, pra gente, foi ter a oportunidade de conversar com a diva MJ, de quem sou fã desde os tempos que ela interpretava Angel, no musical “Rent”, um dos meus prediletos, na Broadway. Aproveitei esse momento único, não só para abraçá-la e tirar uma foto, como também para agradecê-la por tudo que ela, seus companheiros de elenco, produtores, roteiristas e equipe de “Pose” estão fazendo pela comunidade LGBTQI. Ela, que é uma simpatia, fez questão de retribuir agradecendo o nosso apoio ao seriado e dizendo que o mais importante para ela é inspirar os jovens que se identificam com sua personagem, com a história de sua vida e a de todos os envolvidos em “Pose”. Ela quer ter certeza que essa nova geração saiba que pode e deve ter orgulho da pessoa que você é, seja gay, lésbica, transgênero, hétero, não importa. Ela espera que todos se sintam confortáveis sendo eles mesmos.

Cheguei a ficar emocionada com as palavras de MJ e seu carinho com seus fãs e conosco. Se eu já era fã de carteirinha de “Pose”, estou ainda mais obcecada por esse elenco maravilhoso, depois de conhecê-los.

Ainda não assistiu? Veja aqui porque o seriado é imperdível:

https://www.hollywoodeaqui.com/serie-pose-inova-ao-trabalhar-com-comunidade-lgbtq/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *