Pé na estrada: Atravessando os EUA de leste a oeste

Eu entendo que muita gente não curte fazer longas viagens de carro. Já eu, adoro. Sinceramente, eu acho que é colocando o pé na estrada que a gente realmente conhece um estado e até mesmo um país.

Quem acompanha o Hollywood é Aqui sabe que eu já fiz várias road trips pelos EUA. E, essa semana, para comemorar os 11 anos do nosso site, publicamos o primeiro post de uma série, na qual compartilho as aventuras da minha travessia de carro de Maryland (perto de NY) a Los Angeles. Foi a realização de um sonho da adolescência, atravessar esse imenso país da Costa leste (oceano Atlântico) até a oeste (oceano Pacífico).

Foram 2.724.04 milhas percorridas na estrada (4383.91 quilômetros), pouco mais que a distância de Florianópolis a Manaus, que é de 4.356 KM, passando por 14 estados e cruzando de ponta a ponta a histórica Rota 66 (vou falar sobre a “Estrada Mãe”, como a Rota 66 é conhecida aqui, com detalhes mais adiante).

Isso sem contar com o início da viagem, que começou no aeroporto de Newark, no estado de New Jersey (1ª parada), onde meu avião pousou quando cheguei de Los Angeles para passar uns dias com as amigas no Brooklyn e matar as saudades de Manhattan, minha ilha predileta no mundo.

 

 

Foi rápido, mas intenso. De cara, peguei dois trens e dois metrôs. Daí em diante, foi uma coleção de momentos felizes, brindando a vida com as amigas, admirando a ponte em Williamsburg e o pôr-do-sol no Domino Park. A gente tem realmente uma vista privilegiada de NY no Brooklyn (2ª parada) e, pra mim não importa quantas vezes estive lá, onde já até morei, a experiência é sempre fascinante.

 

 

 

 

E, uma vez na The City, nada como um passeio no Central Park e dar aquele pulinho nas escadas do Met para visitar Blair e Serena e alimentar a alma de fã de “Gossip Girl”.

Os dias em Nova York recarregaram as minhas baterias e me deram a energia que eu precisa para partir pra Maryland (3ª parada), onde aluguei o carro para trazer a minha mudança, que estava em um depósito de uma amiga que mora no estado, e dar partida oficialmente a minha travessia nos EUA.

Essa parceira não só guardou meus pertences, como foi ela que me fez companhia nessa aventura e veio comigo até a Califórnia.

Não tínhamos muito tempo e não queríamos gastar muito, então toda a minha viagem durou 12 dias, incluindo os 3 dias que passei em NY.

Vou compartilhar o roteiro, assim como as dicas de onde ficar, onde comer e onde visitar, a medida que publicar os posts.

Por ora, queria dividir com vocês o pontapé inicial dessa jornada que me inspirou e me ensinou tanto sobre o país que escolhi viver.

Bom lembrar que as estradas são excelentes nos EUA, até porque foram construídas para promover a indústria automobilística, então é mais fácil fazer esse tipo de viagem aqui, onde é muito comum (alguns de vocês já devem ter visto em seriados e filmes), você carregar e fazer a sua própria mudança de um estado para outro, como foi meu caso. Sorte minha que tudo que tenho na vida deu em um carro, não muito grande, como vocês podem ver nos vídeos e fotos que ilustram esse post.

De Maryland, o primeiro estado em que passamos quando, de fato, colocamos o pé na estrada, (minha 4ª parada nessa trajetória), foi a Pensilvânia.

Não paramos, mas eu já tinha estado lá pra visitar a Filadélfia, sua cidade mais famosa, e as locações de um dos meus filmes favoritos de todos os tempos, “Silver Linings Playbook” (“O Lado Bom da Vida”).

Escolhi essa deliciosa recordação para encerrar esse primeiro relato sobre essa viagem que foi um sonho realizado, vivido, conquistado, num momento de recomeços na minha jornada,foi uma injeção de energia para seguir a caminhada sonhando.

https://www.hollywoodeaqui.com/silver-linings-playbook-uma-viagem-pelas-locacoes/

Um comentário sobre “Pé na estrada: Atravessando os EUA de leste a oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *